Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Vincent Kessler/ Reuters
| Foto: Vincent Kessler/ Reuters

Roger Federer entrou em quadra ontem podendo se tornar o maior vencedor da história de Roland Garros e ainda chegar ao 901º triunfo na carreira. As duas expectativas pararam no único atleta da casa ainda vivo no torneio, Jo-Wilfried Tsonga. O francês dominou o confronto, ganhando por 3 sets a 0 (7/5, 6/3 e 6/3). Com isso, avançou às semifinais do torneio, onde vai medir forças com o espanhol David Ferrer, número 5 do mundo. Ele venceu Tommy Robredo (34º do ranking), por 3 a 0, com parciais de 6/2, 6/1 e 6/1.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]