i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Artigo

A fantasia do carro elétrico

  • PorMark P. Mills
  • City Journal
  • 04/11/2019 15:32
Carros elétricos: pegada maior que combustíveis eletricos
Carros elétricos: pegada maior que combustíveis eletricos| Foto: Imagem de <a href="https://pixabay.com/pt/users/mmurphy-1358579/?utm_source=link-attribution&amp;utm_medium=referral&amp;utm_campaign=image&amp;utm_content=916561">Marilyn Murphy</a> por <a href="https://pixabay.com/pt/?utm_source=link-attribution&amp;utm_medium=referral&amp;utm_campaign=image&amp;utm_content=916561">Pixabay</a>

O senador de Nova York Chuck Schumer prometeu que, se os democratas ganharem o Senado em 2020 (atualmente a maioria é republicana), eles aprovarão uma lei exigindo que todos os carros nos EUA sejam elétricos até 2040.

Os chineses devem estar comemorando, porque o país produz a maior parte das baterias do mundo e tem as mais novas fábricas em construção. Os chineses precisarão de alguém para comprar toda essa produção. No verão passado, quando a China abandonou os subsídios para veículos elétricos, as vendas caíram. O plano da China agora é exigir que as montadoras produzam veículos elétricos, mas insignificantes 3% a 4% da produção. Talvez Pequim acabe por aumentar as cotas, mas tecnologias verdadeiramente revolucionárias nunca exigem que os governos ordenem sua adoção. Quanto ao plano de Schumer, ele falhará em todas as frentes — incluindo na tentativa de salvar o setor de baterias da China.

Vamos começar com o que os consumidores querem. SUVs e picapes agora representam 70% de todos os veículos comprados. A maioria das pessoas, ao que parece, gosta de grandes veículos. A minoria que compra pensando exclusivamente na economia escolhe carros pequenos com motores a gasolina. A propósito, esta opção joga menos dióxido de carbono na atmosfera do que um Tesla.

Os consumidores são sensíveis aos preços em todas as categorias, uma realidade que os políticos ignoram. Baterias elétricas adicionam cerca de US$ 12 mil (R$ 48 mil) ao custo de carros pequenos e médios. Isso significa bastante para todos os consumidores, exceto o 1%. Segundo o Departamento de Estatísticas do Trabalho dos EUA (Bureau of Labor Statistics), os automóveis constituem a categoria mais cara de consumíveis para um lar médio, custando o dobro da assistência médica (habitação é a maior despesa). Uma análise recente da McKinsey sugere que as montadoras poderiam tirar os recursos extras, que todo vendedor sabe que é o que vende carros, dos veículos elétricos.

Deixando de lado detalhes como custo e recursos, a principal alegação é que o uso difundido de veículos elétricos reduzirá as emissões globais de dióxido de carbono — exceto que isso não ocorrerá, pelo menos de forma significativa. Primeiro, é importante observar que, independentemente da contabilidade criativa de Washington, a opção de obrigar todos os carros a serem elétricos acarretaria pelo menos US$ 2 trilhões em custos para a economia americana (equivalente a R$ 8 trilhões, mais do que o PIB brasileiro de 2018), apenas em custos mais altos com automóveis. Então, a aritmética simples mostra que essa opção não eliminaria nem 8% da demanda mundial de petróleo. E o impacto nas emissões globais de dióxido de carbono seria ainda menor.

Por quê? É preciso energia — o equivalente a 80 a 300 barris de petróleo — para fabricar uma bateria capaz de reter energia igual a apenas um barril. Assim, a energia usada para fabricar baterias traz uma "dívida" de carbono para os veículos elétricos que, dependendo de onde as fábricas estão localizadas, diminuem bastante ou até cancelam as emissões economizadas por não gastar combustível fóssil.

Nada disso muda o fato de que, pela primeira vez em um século, os veículos elétricos são opções interessantes para certos nichos de mercado. O crédito é dado aos três cientistas que receberam o Prêmio Nobel de 2019 de Química por inventarem a bateria de lítio — e a Elon Musk. Se os carros Tesla não fossem bem projetados e atraentes, mesmo os subsídios não teriam atraído compradores abastados. Nem toda montadora estaria tentando competir. Mas olhando em perspectiva as vendas em nichos de mercado: até o impressionante total de mais de 500.000 carros Tesla vendidos nos primeiros seis anos foi ofuscado pelas vendas do Ford Mustang: 2,5 milhões no mesmo período.

A realidade: não existe uma maneira fácil de mudar radicalmente o uso de energia dos carros convencionais, sendo 100 milhões comprados a cada seis anos nos Estados Unidos. E, como observa a Agência Internacional de Energia, as melhorias de eficiência esperadas para os motores de combustão economizarão 300% mais energia global do que todos os veículos elétricos previstos para as estradas em 2040.

O senador Schumer está procurando fazer uma revolução nos transportes em todos os lugares errados. A cidade de Nova York foi o epicentro da última revolução de mobilidade da história, quando os cidadãos adotaram o automóvel, deixando para trás a era das ruas imundas, congestionadas por cavalos inconvenientes e caros, e uma taxa de mortalidade dez vezes maior do que hoje para os passageiros de automóveis. Mudar o combustível usado pelos carros de hoje não é mais revolucionário do que mudar o tipo e a fonte de ração para cavalos há 120 anos.

Para uma verdadeira revolução energética, os legisladores deveriam se unir a Bill Gates, pedindo o único caminho viável para um futuro radicalmente diferente: muito mais pesquisa nas ciências básicas. Isso exigirá prioridades orçamentárias diferentes, além de paciência. Enquanto isso, se os carros elétricos de hoje fossem genuinamente atraentes, os consumidores não precisariam ser obrigados a comprá-los.

*Mark P. Mills é autor do recém-lançado ‘The New Energy Economy: an Exercise in Magical Thinking’.

©City Journal 2019. Publicado com permissão. Original em inglês


19 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 19 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • G

    Gilberto Junqueira

    ± 4 dias

    Faltou só contar de onde vem a energia da tomada que alimenta esses carros. Carvão e petróleo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • F

      Fábio

      ± 5 dias

      A Gazeta deveria filtrar as matérias dos EUA.. tá bem fácil que a indústria do petróleo americana não vai subsidiar pesquisas fake dizendo que os carros elétricos são tão poluentes quanto os carros a petróleo... Assim como fizeram quando pesquisas provaram o mal que o chumbo do combustível fazia.. foram anos de pesquisa fake tentando provar o contrário... Pra no final aceitarem a verdade e retirarem o chumbo da gasolina... Se fosse ruim, a Europa não adotaria como meta expurgar do continente os carros movidos a combustível fóssil..

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • A

        Ademir Baségio Junior

        ± 5 dias

        A falha da matéria é ficar somente no presente e não considerar a queda constante no preço das baterias. Logo logo será mais barato comprar carros a bateria do que carros a combustão. Sem contar que é muito mais barato do que combustível e a manutenção de um carro a combustão. E quando vc considera que polui mais, vc considera a matriz energética americana. Se vc considerar a brasileira, por exemplo, em q fontes renováveis dominam, é menos poluente um carro elétrico. Desconsidera também na matéria a atual mudança global no sentido de aumentar a contribuição de fontes renováveis de energia na matriz energética mundial.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • J

          JOSE DE PAULA

          ± 5 dias

          Imaginem que pra carregar as baterias levam 30 minutos ....pra rodar 200 km mais ou menos......se numa estrada num feriado....todos de carros eletricos viajando......o stress na hora de carregar as baterias nos postos autorizados....se com a gasolina em 5 minutos no maximo ja tem filas ...então com carros eletricos a coisa fica complicada...centenas e dezenas de postos tem que ser construidos.....neste brasil do atraso.....fico no alcool mesmo.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • L

            Lissandro Bassani

            ± 5 dias

            Pioneirismo tem seu preço. Quando vejo que atualmente andamos em aquecedores cujo um de seus subprodutos (e pequeno) é energia de deslocamento, fico feliz de ver que avança-se para o contrário, com motores com mais de 85% de eficiência. As transições são quase sempre turbulentas. Os primeiros são sempre cobaias. Nem tudo se resume a custo. São muitas coisas a se considerar. Corrupção principalmente por aqui é endêmica e necessita mudar. Aos poucos as coisas caminham e evoluem, e os velhacos sucumbem. Se queremos que as coisas melhorem porém precisa-se educar as pessoas.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • N

              Neto

              ± 5 dias

              E o governo do Estado isenta do IPVA quem tem pelo menos R$ 150 mil para comprar um carro elétrico. Faz sentido? Claro que não pois obviamente quem tem esse dinheiro não decida a compra devido ao IPVA. Ou seja, a renúncia fiscal não aumenta as vendas. Senhores de****dos, vamos retirar isso aí. Isenção fiscal para ricos !!!

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • A

                Adriano César de Souza

                ± 6 dias

                Cansado de ouvir sobre políticos que querem fazer bonito e quem paga por isso é a população. Pior que tem gente que embarca nessas histórias.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • E

                  elias a reinaldin

                  ± 6 dias

                  Vai precisar de muito gerador a diesel pra mover essas baratas eletricas

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • N

                    Neto

                    ± 6 dias

                    As pessoas buscam SEGURANÇA para suas famílias ao optarem por uma SUV. Os carros elétricos terão de proporcionar o mesmo, mas não com essas miniaturas.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    • R

                      Rômulo Viel

                      ± 6 dias

                      Paciência não é o forte dos políticos, que querem "emplacar".

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                      • S

                        Samuel Pastora Souza

                        ± 6 dias

                        As grandes montadoras vão abandonar os carros a combustão e estão investindo rios de dinheiro pra nisso. Devem gostar de rasgar dinheiro....

                        Denunciar abuso

                        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                        Qual é o problema nesse comentário?

                        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                        Confira os Termos de Uso

                        • E

                          EDUARDO SABEDOTTI BREDA

                          ± 6 dias

                          Finamente uma notícia honesta a respeito dos híbridos e elétricos.

                          Denunciar abuso

                          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                          Qual é o problema nesse comentário?

                          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                          Confira os Termos de Uso

                          • L

                            Leonardo

                            ± 6 dias

                            Na minha opinião, o maior impacto seria o trabalho a distância. Imagine algo como 2/3 das pessoas trabalhando em casa ou muito próximo.

                            Denunciar abuso

                            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                            Qual é o problema nesse comentário?

                            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                            Confira os Termos de Uso

                            • L

                              Lucas Bechtloff

                              ± 6 dias

                              Nenhum mercado deve ser obrigatório, ou reforçado por leis para financiá-lo, portanto essa ideia do senador americano é ridícula. Porém, veículos elétricos são o futuro sim, principalmente em conjunto com a mudança estrutural da matriz energética dos países desenvolvidos que virá nas próximas décadas, quem viver, verá. Ser conservador não significa ser ultrapassado, quando uma tecnologia melhor, mais benéfica, eficiente, de melhor rendimento surge, obviamente será adotada com o passar do tempo, resistir é ignorância. (Não fosse o caso, não estariam todas as principais montadoras do mundo com seus esforços 100% voltados ao desenvolvimento de carros elétricos)

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              1 Respostas
                              • E

                                EDUARDO SABEDOTTI BREDA

                                ± 6 dias

                                Montadoras investem em carros elétricos porque os governos impõem normas de emissão de poluentes que somente são alcançadas com geração elétrica. Os governos decidiram que tipo de veículo eu e você compraremos no futuro, sem perguntar se queremos pagar mais para recebermos menos. Menos autonomia, menos versatilidade, pagando mais para comprar e manter. Carro híbrido e elétrico é um belo golpe que estão nos empurrando goela abaixo. Quem viver, e pegar essa conta, verá.

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                            • V

                              Vitor Chvidchenko

                              ± 6 dias

                              Muito bom o artigo. Mas para mim o melhor do texto foi a última frase: quando o produto é bom, não precisa de um governo para obrigar (ou incentivar) o povo a comprá-lo. Que tal deixar as pessoas resolverem por si próprias o que querem fazer com o seu dinheiro? Que tal o Estado começar a tratar os cidadãos como adultos e não como criancinhas que precisam de um "papai Estado" lhes dizendo o que elas devem comprar e o que não podem comprar? Bom, jamais espere isso - defesa da liberdade de escolha do cidadão - vindo da esquerda. Nem no Brasil, nem nos EUA, nem em nenhum lugar do mundo.

                              Denunciar abuso

                              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                              Qual é o problema nesse comentário?

                              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                              Confira os Termos de Uso

                              • A

                                Admar Luiz

                                ± 6 dias

                                Como sempre, para salvar o mundo , seja do que quiserem - tem um esquerdista metido a besta. Eles são os defensores do bem e do belo. Mas onde metem as mãos é só destruição e miséria. Alguém tinha que botar os pingos nos ís, sobre a viabilidade ou não dessas baterias quanto ao custo e o que consomem de energia para sua fabricação. Boa!

                                Denunciar abuso

                                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                Qual é o problema nesse comentário?

                                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                Confira os Termos de Uso

                                • J

                                  Jorge Dias

                                  ± 6 dias

                                  Parabéns Gazeta por ABANDONAR o discurso politicamente correto dos cartões elétricos, coisa que publicou até dois meses atrás, e tratar o assunto com matérias de gente grande. Parabéns Gazeta por estar na vanguarda do verdadeiro pensamento ocidental.

                                  Denunciar abuso

                                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                  Qual é o problema nesse comentário?

                                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                  Confira os Termos de Uso

                                  • J

                                    joao cesar reinert

                                    ± 6 dias

                                    É de onde viria a energia para abastecer os carros elétricos ? Talvez das usinas de carvão e óleo diesel .

                                    Denunciar abuso

                                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                                    Qual é o problema nesse comentário?

                                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                                    Confira os Termos de Uso

                                    Fim dos comentários.