i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Documentário

“A Geração da Riqueza” faz radiografia precisa do hedonismo extremo

  • PorGabriel de Arruda Castro, especial para a Gazeta do Povo
  • 11/07/2020 20:13
Cena de "A Geração da Riqueza"
Cena de “A Geração da Riqueza”: documentário demonstra, com detalhes, os perigos do ciclo do hedonismo| Foto: Divulgação

Aristóteles inicia seu clássico “Ética a Nicômaco” indagando qual é o propósito final da existência humana. Antes de prosseguir em sua investigação, ele afirma que esse propósito deve ser algo desejável por si mesmo, e não como meio para outro fim. Assim, ele prossegue, a riqueza “é algo de útil, nada mais, e ambicionado no interesse de outra coisa”. Tratar a riqueza (ou o prazer) como fim, diz Aristóteles, é um equívoco que nos impede de atingir o bem absoluto -- a felicidade. Um documentário disponível no Prime Video trata desse tema com uma abordagem crua e reveladora.

Lançado em 2018, “A Geração da Riqueza”, foi dirigido e narrado pela premiada fotógrafa Lauren Greenfield, que reuniu 25 anos de material para traçar um retrato sem maquiagem de pessoas obcecadas por dinheiro, imagem e fama. Além do trabalho cuidadoso de edição, o diferencial do documentário é o fato de ele acompanhar como a vida dos entrevistados se desenvolve ao longo do tempo.

E os personagens são o ponto forte da obra. A lista inclui o magnata inescrupuloso que abdica da família para perseguir uma fortuna cada vez maior, a motorista de ônibus divorciada que viaja ao Brasil para fazer um pacote de cirurgias plásticas, a miss infantil transformada pela mãe em uma máquina de ganhar dinheiro, o homem que anda com 15 quilos de ouro em joias e a mulher que decidiu adiar a maternidade por causa da carreira mas, devido à idade, acaba fracassando sucessivas vezes na tentativa de conceber por fertilização in vitro.

“A Geração da Riqueza” é uma radiografia precisa dos vícios humanos levados ao extremo. Mais do que isso: demonstra, com detalhes, os perigos do ciclo do hedonismo. Quem vive por dinheiro e prazer nunca está satisfeito e precisa de doses cada vez maiores -- até que vem o colapso. No meio da jornada -- a preparação do documentário levou dez anos -- Lauren Greenfield também reconhece que, de alguma forma, havia deixado sua família em segundo plano enquanto buscava atingir seus objetivos profissionais.

Com um tom sóbrio, o documentário deixa escapar uma ou outra crítica ao capitalismo, como se o sistema de livre mercado fosse culpado pelas falhas morais dos personagens. Mas, na verdade, a mensagem central de “A Geração da Riqueza” é um tanto quanto conservadora: a vida com temperança, centrada na família, é a que permite às pessoas desfrutar os prazeres da vida sem se tornar escravas deles. A cultura vazia e homogeneizada (como a dos novos ricos chineses que emulam o estilo de vida americano, também mostrados no documentário) prejudica a subsistência dos valores tradicionais e de modos de vida autênticos.

Os exemplos, por vezes chocantes, mostrados em “A Geração da Riqueza” comprovam que, embora o capitalismo seja o melhor sistema para garantir o progresso econômico às pessoas, a felicidade vai muito além disso: como conclui Aristóteles em “Ética a Nicômaco”, ela depende do cultivo das virtudes, inclusive a temperança. Só assim é possível escapar do ciclo do hedonismo.

9 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 9 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • E

    Eduardo 123

    ± 97 dias

    Esse artigo está bem mais interessante que o documentário, que acaba sendo tedioso, com tom meio choroso, com a voz da fotógrafa narrando. quase um filme da Petra Costa

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • A

      Ana Luiza

      ± 98 dias

      Assisti ao filme pelo artigo... O artigo acabou melhor que o filme. Parabéns!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • J

        JP

        ± 98 dias

        A riqueza é maravilhosa e bem vinda quando bem utilizada. Bill Gates é o filantropista líder dentre os bilionários americanos e orienta aqueles que desejam doar pelo bem comum. Mas lá a tradição é antiga, Guggenheim, Rockfeller, Barnes, todos filantropos destacados. Aqui a fortuna serve tão somente para a ostentação e o ultraje. Que trágico o nosso país.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • S

          Sérgio Guerra

          ± 98 dias

          Ser rico é no mundo materialista ter sucesso na vida. Nao vejo nada demais em um empresário gerar empregos e ter sucesso. Ele trabalha tanto quanto o seu empregado que é todo protegido pelas leis trabalhistas. O entendimento passa porque encarnamos neste planeta? Somos seres eapirituais numa experiência material? A riqueza quando vira luxúria é a patologia que resolva.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • G

            Guilherme

            ± 98 dias

            Tolstói já dizia, felicidade só é real quando é compartilhada!

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            1 Respostas
            • S

              Saber é poder

              ± 98 dias

              Tolstoi explorava trabalho escravo.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

          • D

            DENISSON HONORIO DA SILVA

            ± 98 dias

            O colunista citou Aristoteles mas talvez alguma inserção em Cristo fosse mais aproppriada.. A riqueza em si não tem nada de mais. Como também a busca do conforto e autoestima. Sendo assim, a massa não buscará em filósofos, infelizmente, um maneira comedida de se viver. A religião verdadeira consegue atingir um grande público e os ensinamentos de qualquer uma pode frear esse sentimento materialista e evitar também a inveja contra aqueles que se mostraram mais capazes.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • S

              Saber é poder

              ± 98 dias

              Desculpa, mas prefiro assistir a "Mulheres Ricas" do que ver mais uma baboseira tentando lavar meu cérebro (já calejado por erros e acertos). Quem leu Aristóteles, máxime "A Política", sabe a verdadeira opinião que o gênio tinha acerca da riqueza. Crematística, hoje, é o que faz o mundo andar. Um esforçado trabalhador classe média do século XXI vive muito melhor do que reis africanos antigos - graças aos negócios. Vá pregar pobreza para líderes sindicais e donos de jornais esquerdistas.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • M

                Maquiavel

                ± 98 dias

                Quem gosta de pobreza é intelectual, mas pobreza dos outros claro!!

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                Fim dos comentários.