• Carregando...

Época de Copa do Mundo. Em tempos normais, estaríamos aqui discutindo a escalação da seleção. Como bom flamenguista que é, Constantino talvez reclamasse da ausência de algum jogador do plantel rubro-negro. Como bom tricolor que é, Fiuza talvez... Bom, não vou mentir. Estou por fora de futebol e não sei o que o Fluminense do Fiuza anda aprontando.

O fato é que está havendo uma Copa do Mundo, mas o brasileiro está muitíssimo mais preocupado é com a política. Gravamos este programa sempre às quintas feitas e estamos todos abismados com a desfaçatez dele, sempre Alexandre de Moraes, que na quarta-feira, dia 23, não só rejeitou o pedido de anulação de 250 mil urnas feito pelo Partido Liberal como também aplicou punições pesadas aos partidos da coligação de Bolsonaro.

Não só a decisão, mas sobretudo a postura de Alexandre de Moraes, põe fim às ilusões de quem ainda acreditava numa saída pacífica e democrática para essa situação toda. É sobre esse caos institucional, ou melhor, sobre a ditadura que foi instaurada no Brasil sob o pretexto cínico, mentiroso e hipócrita de se estar salvando a democracia que conversaremos no episódio #104 do podcast O Papo É.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]