i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Hábitos

Por que o consumo de animais silvestres no Brasil não causa pandemias

  • 09/04/2020 16:12
Jacarés criados em cativeiro no Mato Grosso: brasileiro também tem o hábito se alimentar de animais silvestres.
Jacarés criados em cativeiro no Mato Grosso: brasileiro também tem o hábito se alimentar de animais silvestres.| Foto: Coocrijapan

Quando a epidemia de Covid-19 apareceu em Wuhan, muitos se perguntaram como um novo tipo de vírus apareceu tão de repente. Alguns levantaram a hipótese de que seria uma arma biológica inventada pela China. Outros, de que o hábito chinês de comer animais silvestres e exóticos, ou mesmo a venda destes em mercados ao ar livre, seria o culpado pela pandemia

Mas, por mais que sopa de morcego pareça algo realmente estranho, para não dizer sinistro, não é só na China que as pessoas comem animais pouco convencionais. Aqui no Brasil, principalmente no interior, também existe o hábito de caçar e comer animais silvestres (e até mesmo de criá-los).

Numa pesquisa feita pela Universidade Federal do Acre, 78% dos moradores do estado afirmaram já ter consumido carne de animal silvestre. A paca e o tatu foram as espécies mais citadas.

É difícil obter números confiáveis sobre a quantidade de animais silvestres consumidos no Brasil, pois a caça deles é proibida no Brasil há mais de cinco décadas (com a exceção do javali em algumas regiões). Mesmo assim, há quem burle a lei para consumir essas “iguarias”.

Gambás temperados

Em 2016, por exemplo, a Polícia Ambiental apreendeu gambás temperados em um restaurante de Florianópolis. Na ocasião, o biólogo Rodrigo de Souza explicou que o consumo de gambás, capivaras, tatus e de aves como o jacu remonta à colonização da região. É um hábito antigo e tradicional e difícil de ser eliminado, porque sempre há pessoas que procuram por esse tipo de carne.

Ainda é possível consumir a carne de animais silvestres porque a fiscalização dos rincões é bastante precária. Como as áreas de preservação ambiental são vastas, alguns caçadores se aventuram, mesmo com o risco de serem presos.

Doenças

Com o consumo de carnes silvestres largamente difundido no Brasil, mesmo que não em larga escala, o país poderia ser um foco de doenças novas, como teria acontecido na China, com seus mercados de carnes exóticas?

Para o médico Adlai Lustosa, que atende em Gurupi, no Tocantins, isso “é pouco provável”. O dr. Lustosa, que lembra ter consumido carne de paca, tatu e jacaré quando criança, afirma que desde que trabalha na região nunca recebeu nenhum paciente com complicações ou doença oriunda do consumo de carne silvestre, apesar de o hábito “ser algo difundido, sobretudo no interior”.

“Curiosamente, não é incomum eu receber casos de brucelose, porque as pessoas do campo consomem leite cru, sem pasteurizar, ou mesmo ferver”, disse ele.

Isso nos dá uma pista do motivo por que os mercados de Wuham serem apontados como vetores de doenças. “É mais provável que as doenças venham da manipulação dos animais nesses lugares ou do consumo da carne mal passada”, diz dr. Lustosa. “Se a carne é bem cozida, os organismos patogênicos acabam inativos ou mortos no preparo”.

É claro que isso não que dizer que é possível comer carne de qualquer animal, desde que ela fique assando por um bom tempo. Há espécies, como o baiacu, que são extremamentes venenosas se preparados de forma incorreta (no Japão há até uma licença especial para o preparo desse peixe). Mas isso estende bastante o debate sobre o que seriam “animais comestíveis”.

Criação em cativeiro

Para uma evitar o contágio com patógenos, o ideal é manipular a carne seguindo as melhores orientações sanitárias. Nesse sentido, a regulamentação e criação em cativeiro das espécies exóticas é uma excelente forma para se obter um equilíbrio entre consumo e segurança. É o que já acontece, por exemplo, com o jacaré produzida no Pantanal. Para evitar a caça ilegal, já existe a produção em cativeiro desse animal.

A Coocrijapan (Cooperativa de criadores de jacaré do Pantanal), de Cáceres, no Mato Grosso, tem todas as licenças para a operação. Isso permite que a carne de jacaré seja comercializada em mercados regulares e vendida também em restaurantes especializados na elaboração desse prato.

Criar animais silvestres sem permissão do Ibama, contudo, é considerado crime inafiançável. No Brasil, além do jacaré, a lei prevê a possibilidade de criação, abate e consumo de pacas, cutias, capivaras e tartarugas.

9 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 9 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • F

    Fernando Cavalcante

    ± 16 horas

    Aqui consome-se esporadicamente, em lugares ermos. Nas grandes cidades é raríssimo, e quando acontece é apenas por curiosidade, não chega a ter demanda em mercados.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • M

      Marcus Pinheiro Machado

      ± 20 horas

      por que aqui não somos porcos

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • T

        Teodoro Jacob Winkler

        ± 24 horas

        Faltaram os "especilistas"? Quais? Os do Fantástico? Os do Jornal Nacional?

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • M

          Marcos Ctba

          ± 1 dias

          MUITO SUPERFICIAL SEM NOÇÃO DO QUE REALMENTE É A REALIDADE CHINESA, LÁ FALTA ATÉ MOSCA

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • M

            Mauricio Nadolny

            ± 1 dias

            Vamos ver se o editor entende do assunto: Rafael, onde jacaré no seco anda, tatu caminha dentro???

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • F

              FC

              ± 1 dias

              Artigo não menciona casos de silvestres vetores conhecidos de doença, ,faltou médico veterinário e zoologista .Faltaram os especialistas no assunto! Reportagem fraquíssima!

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • S

                salcutrim

                ± 1 dias

                O tatu é um dos animais que carrega o corona virus

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • M

                  Mauricio Nadolny

                  ± 1 dias

                  "Numa pesquisa feita pela Universidade Federal do Acre, 78% dos moradores do estado afirmaram já ter consumido carne de animal silvestre. A paca e o tatu foram as espécies mais citadas." Paca, tatu, cotia não??

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  1 Respostas
                  • D

                    Dario de Araújo Dafico

                    ± 1 dias

                    Me bateu a saudade de meu falecido avô que fazia essa brincadeira. Diga rápido: Paca, tatu, cotia não! kkkk

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                Fim dos comentários.