Tommy Wiseau, um obscuro imigrante europeu vivendo em San Francisco, Califórnia, faz amizade com um jovem ator e modelo. Os dois tentam ganhar a vida como atores em Hollywood. Sem sucesso, Tommy tem a ideia de fazer o filme por conta própria. Ele então produz, escreve, dirige, e atua em "The Room". Investe mais de US$ 5 milhões na obra, que mesmo antes de ficar pronta se revela um desastre total, e o resultado fica abaixo de qualquer crítica. Mas uma reviravolta fez com que o filme ganhasse status de cult, sendo exibido ao redor do mundo, e incrivelmente acaba pagando o investimento feito por Wiseau. A história foi recontada por James Franco em “Artista do Desastre”, indicado ao Oscar 2018 de melhor roteiro adaptado. É sobre este estranho conto de fadas hollywoodiano que vamos falar neste Quarentena Cult.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]