Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Em setembro, 10,6 mil imóveis estavam disponíveis para locação, em Curitiba. | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Em setembro, 10,6 mil imóveis estavam disponíveis para locação, em Curitiba.| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Circulando pela cidade não é difícil de se encontrar imóveis com placas de aluga-se em suas janelas e fachadas. Tais anúncios demonstram, na prática, o que o mercado imobiliário traduz em números: a oferta de unidades residenciais para locação cresceu 28,3% no último ano em Curitiba, tendo setembro como o mês de referência.

Neste período, o estoque passou de 8,3 mil unidades, no ano passado, para 10,6 mil imóveis, em 2015. Os dados são do Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar), ligado ao Sindicato da Habitação e Condomínios do Paraná (Secovi-PR).

Para Fátima Galvão, vice-presidente de locação do Secovi-PR, o crescimento da oferta é resultado do volume de entrega dos empreendimentos que tiveram suas obras concluídas em 2015. Fátima ilustra este fato com o exemplo do Centro, onde, segundo ela, cerca de dois terços da oferta correspondem aos apartamentos do tipo studio [que receberam grande atenção dos incorporadores nos últimos anos]. O Centro também era o bairro com a maior oferta de imóveis para locação em setembro: 1,5 mil unidades.

O preço médio do m² total era de R$ 13,84 para os imóveis residenciais naquele mês. De acordo com Fátima, o valor médio da locação no período girava em torno de R$ 1,185 mil.

Conheça os cinco bairros com a maior oferta de imóveis disponíveis para locação em Curitiba.

Bairros

1º - Centro: 1.512 imóveis (14,2% da oferta)

2º - Água Verde: 692 unidades (6,5% da oferta)

3º - Bigorrilho: 601 imóveis (5,7% da oferta)

4º - Portão: 463 unidades (4,4% da oferta)

5º - Batel: 425 imóveis (4% da oferta)

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]