Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Lavanderia do ediíficio Central Place: moradores em processo de adaptação | Antônio Costa/Gazeta do Povo
Lavanderia do ediíficio Central Place: moradores em processo de adaptação| Foto: Antônio Costa/Gazeta do Povo

Já parou para pensar em quantos litros de água você gasta para lavar cada quilo de roupa? As máquinas de lavar residenciais comercializadas no Brasil despendem de 11,1 até 28,2 litros, conforme levantamento do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro). Para não desperdiçar o precioso líquido incolor, insípido e inodoro há quem aposte em lavar roupa suja fora de casa.

Nas residências, a melhor forma de reduzir o gasto de água ainda é usar a máquina de lavar o mínimo necessário e criar um esquema de reaproveitamento (usar a água para lavar as calçadas, por exemplo). Já nos edifícios, as lavanderias comunitárias poupam não só a água, mas também energia elétrica e tempo.

"Nos condomínios, uma boa idéia é trocar as máquinas residenciais por industriais e economizar de 30% até 72% de água", estima o responsável pelo marketing da Sulclean (distribuidora dos produtos Electrolux Laundry Systems), Clayton Pereira Chagas.

O cálculo de Chagas é baseado na comparação de um equipamento industrial que consome, em média, 7,7 litros de água para cada quilo de roupa seca e a lavadora residencial que mais gasta água. Ele destaca ainda que o consumo de energia elétrica pode ser reduzido em 30% e que o ciclo de lavagem de uma máquina industrial é menor em relação a de um equipamento convencional.

Para quem mora sozinho

Boa parte dos edifícios que tem o serviço de lavanderia comunitária possui grande quantidade de apartamentos, destinados a uma ou duas pessoas, que vivem em áreas que não ultrapassam os 60 metros quadrados. "Nessas situações, vale a pena investir nesse serviço, porque os moradores não têm espaço para secar suas roupas", diz Carlos Elysio Praciano Garcia, diretor comercial da Nova Administradora, uma franqueadora de administração de condomínios, que oferece esse serviço em vários edifícios em Brasília.

Um dos fatores que pode "emperrar" a instalação de uma lavanderia comunitária no condomínio é o custo: equipamentos industriais são mais caros do que os residenciais. Para um edifício com 20 apartamentos, o custo do equipamento completo (seis máquinas para lavar e secar) é em torno de R$ 76 mil. "A longo prazo, esse valor é recuperado com a economia de água e energia elétrica. Mas vale a pena especialmente pela conservação dos recursos hídricos", pondera Chagas.

Outros gastos, com instalação hidráulica e elétrica e o local em que a lavanderia comunitária será instalada, também devem ser calculados. É preciso destinar um espaço de pelo menos 20 metros quadrados para o maquinário.

A forma como o serviço será prestado é outro ponto de discussão entre os condôminos. "São dois modelos possíveis: o uso de fichas para utilizar os aparelhos, que pode ter um custo a cada uso do equipamento, mas o serviço se paga sem acréscimo na taxa de condomínio. Outra opção é contratar alguém para operar o maquinário, terceirizando o serviço", explica Garcia.

Mudança de hábitos

Outra questão que costuma gerar impasses entre moradores de um edifício é como dividir o espaço. "Tem muito morador que não respeita as regras e coloca na máquina desde roupa do cachorro até sapato sujo, esquecendo que outros irão lavar suas roupas. Por aqui, já rendeu até multa", conta o síndico do edifício Central Place, em Curitiba, Marcos Felipe Redonato do Vale.

O agendamento de horário para o uso da lavanderia e a cota máxima de vezes na semana para lavar a roupa também são fatores que podem provocar desentendimentos no condomínio. Uma solução, afirma Garcia, é que as lavanderias comunitárias sejam previstas na concepção dos empreendimentos. "A pessoa compra o apartamento já sabendo como funciona, sem a necessidade desse processo de adaptação", diz.

Para Valdecir Sharnosky, gerente de produto da Construtora e Incorporadora Thá, que possui três empreendimentos em Curitiba com esse tipo de serviço, o conceito de lavanderia comunitária é uma necessidade das pessoas que pode refletir em economia durante a construção. "Sem ter de pensar o espaço da lavanderia em cada apartamento, a construtora diminui custo de material. Assim, otimizo o custo de construção e posso melhorar meu preço de venda", avalia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]