Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Cercamento de vidro pode ser instalado em projetos novos e antigos porque “não briga” com o estilo arquitetônico da construção. | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
Cercamento de vidro pode ser instalado em projetos novos e antigos porque “não briga” com o estilo arquitetônico da construção.| Foto:

Depois das fachadas, o vidro começa a conquistar um novo espaço nos imóveis residenciais e comerciais, substituindo grades e muros de alvenaria no cercamento dos terrenos. Uma rápida olhada pelas ruas da cidade é suficiente para identificar que a tendência tem ganhado força não apenas em projetos novos, mas também em imóveis antigos.

Reforma

Assim como qualquer outra obra de reforma, a substituição das grades ou muros de alvenaria por modelos em vidro precisa ser acompanhada por um arquiteto ou engenheiro, lembra a arquiteta Luciana Olesko. A necessidade responde à norma 16.280/2014, publicada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que estabelece requisitos para o controle de processos, projetos, execução e segurança de obras de fachada, áreas comuns e internas dos imóveis. Luciana acrescenta que também é necessário solicitar o alvará de reforma simplificada junto à Secretaria Municipal do Urbanismo para a realização da obra.

O aumento do movimento nas vidraçarias é outro ponto que reforça a ideia de que o vidro mesmo para ficar. Trabalhando com o produto há quatro anos, a Vidraçaria Sobrinho viu o número de serviços saltar de cerca de três ao ano para uma média de sete instalações mensais nos últimos dois anos. “Ele representa a evolução do mercado. Acredito que daqui a dez anos todos os muros serão de vidro, principalmente nos prédios”, projeta Cristiano Rodrigues de Almeida, gerente de vendas da empresa.

Segundo a arquiteta Luciana Olesko, quem inicia um projeto “do zero” já tem o vidro como primeira opção e nem cogita a instalação de grades. “Muitas pessoas que têm imóveis com grades também estão trocando [o cercamento] por vidros”, afirma.

A segurança oferecida pelo muro de vidro é um dos principais atrativos do sistema, segundo os especialistas. Além de aumentar a visibilidade dos porteiros e moradores em relação à frente do imóvel, é mais difícil de escalar, inibindo a entrada de invasores – ou possibilitando que estes sejam vistos por quem passa ou chega ao endereço.

O apelo estético também joga a favor do vidro, que ajuda a evidenciar a arquitetura e o paisagismo, além de dar um ar contemporâneo ao imóvel. “O vidro não ‘briga’ com o estilo arquitetônico da construção, podendo ser instalado também em casas e prédios mais antigos”, lembra Luciana.

Serviço

Espaço Vidro: (41) 3056-4750 | www.espacovidro.com.br

Olesko & Lorusso Arquitetura: (41) 3232-4720 | www.oleskoelorusso.arq.br

Vidraçaria Sobrinho: (41) 3268-0165 | 3247-3572 | www.vidracariacuritiba.net.br

Silvana Andretti Calonga, proprietária da Espaço Vidro, acrescenta a durabilidade e a facilidade de manutenção do sistema à lista de benefícios. O muro de vidro dispensa a pintura frequente de sua estrutura, como ocorre com as grades e os muros de alvenaria, e só precisa ser lavado para que seja mantido em boas condições.

A proprietária explica, ainda, que os vidros utilizados nos muros são temperados e com espessura de 8 milímetros (mm) [em alguns casos de 10 mm], o que os tornam muito resistentes à quebra. Esta característica pode ser potencializada com a instalação de uma película de segurança, que também preserva o muro contra o vandalismo – em caso de pichação, basta trocá-la para que vidro volte ao seu aspecto original.

Investimento

Usufruir destas vantagens demanda um maior investimento inicial. De acordo com Almeida, a instalação do sistema é cerca de 40% mais cara do que a de uma grade, por exemplo, com o custo do metro quadrado variando entre R$ 300 e R$ 800, de acordo com o projeto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]