Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Estude como uma garota!
| Foto:

Nos dias atuais, muito se fala nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Para quem não está familiarizado com essa sigla, trata-se da agenda mundial adotada pela ONU, sobre o desenvolvimento sustentável, prevendo ações mundiais nas áreas de erradicação da pobreza, saúde, educação, igualdade de gênero, energia, entre outros.

Esses Objetivos visam tornar o mundo mais sustentável e melhor para se viver. O ODS número 5 trata especificamente sobre a igualdade de gênero, que de acordo com esse plano de ação global, é uma base necessária para a construção de um mundo pacífico, sólido e sustentável. Algumas das metas desse ODS são: acabar com todas as formas de discriminação contra mulheres e meninas, eliminar todas as formas de violência contra a mulher, empreender reformas para dar às mulheres direitos iguais aos recursos econômicos, eliminar todas as práticas nocivas, como casamentos prematuros de crianças, entre outros.

ODS em sala

Se o objetivo é garantir um mundo melhor e mais sustentável no futuro, trabalhar esses assuntos na escola é muito importante. Afinal, estaremos preparando as crianças de hoje para a tomada de decisão consciente, a preservação do planeta e a garantia de um bom lugar para se viver. E foi isso que a professora Sandra Neres Araújo da Silva, da Escola Municipal Margarida Orso Dallagassa, localizada em Curitiba, fez.

A docente, participante do Ler e Pensar, trabalhou o ODS 5, com os alunos do 5º ano. Para isso, primeiro eles realizaram a leitura da matéria da Gazeta do Povo, que fala sobre a igualdade de gênero e direitos da mulher, levantando alguns pontos de reflexão, sobre as condições desiguais de tratamento e também sobre o dia internacional da mulher, que simboliza a luta de muitas mulheres por respeito e igualdade.

Depois da leitura, os alunos montaram um mapa conceitual, destacando os principais pontos sobre o que haviam aprendido, dessa forma, eles tiveram uma compreensão mais ampla das informações apresentadas no texto.

Após momentos de diálogo com a turma, os alunos montaram um roteiro para a rádio da escola. Eles gravaram um áudio para a transmissão em todas as turmas, falando sobre algumas frases de senso comum como, por exemplo, “menina não joga bola” e “homem não chora”. No áudio, a turminha ainda manifesta o desejo de realizar ações para que as situações machistas se acabem, afinal, elas prejudicam não só as meninas, como os meninos também.

Como parte das ações que os estudantes desejam realizar, foram programadas visitas nas outras turmas da escola, para falar mais sobre a ODS e a igualdade de gênero com todos os colegas, buscando mudar a atitude das pessoas.  Segundo os alunos, eles desejam “mostrar que as meninas e os meninos têm os mesmos direitos”, relatam os participantes da gravação.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]