Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

Um adolescente tibetano residente na Índia morreu quatro dias depois de ter ateado fogo ao próprio corpo em sinal de protesto contra a política da China no Tibete. O anúncio foi feito nesta sexta-feira no hospital em que estava internado.

Dorje Tsering, que morreu na noite de quinta em Nova Délhi, ateou fogo ao próprio corpo na segunda-feira, na cidade indiana de Dehradun.

“Desde criança sempre estive determinado a fazer algo pelo Tibete”, declarou o adolescente em um vídeo feito no hospital.

A China afirma que seu exército “libertou pacificamente” o Tibete, em 1951, depois da guerra civil chinesa e que fez a região se desenvolver economicamente, além de proporcionar liberdade a seus cidadãos.

Mas muitos tibetanos acusam o governo de repressão cultural e religiosa e exploração de seus recursos naturais.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]