Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O ator americano Alec Baldwin, durante a cerimônia dos prêmios Emmy, em Los Angeles, 17 de setembro de 2017
O ator americano Alec Baldwin, durante a cerimônia dos prêmios Emmy, em Los Angeles, 17 de setembro de 2017| Foto: EFE/Nina Pommer

O ator americano Alec Baldwin disparou uma arma cenográfica durante a gravação de um filme na quinta-feira e acidentalmente matou a diretora de fotografia, Halyna Hutchins, e feriu o diretor, Joel Souza, disseram autoridades.

Halyna Hutchins, 42 anos, morreu e Joel Souza, 48 anos, foi ferido por volta das 14h em um ensaio ou na filmagem no set do filme "Rust", no condado de Santa Fe, no estado americano de New Mexico, relatou um porta-voz do Gabinete do Xerife do Condado de Santa Fe. As circunstâncias do incidente estão sendo investigadas e as testemunhas estão sendo ouvidas.

Segundo informações divulgadas nesta sexta-feira (22) pela imprensa americana, as primeiras investigações policiais apontam que um assistente de direção que entregou a arma a Baldwin teria dito que se tratava de uma “arma fria”, ou seja, segura. Porém, a arma continha balas de verdade, o que era desconhecido pelo ator. A polícia local obteve um mandado de busca e vai vistoriar o local onde o filme estava sendo gravado neste fim de semana.

Agentes foram ao local após ligações ao serviço de emergência que informaram sobre uma pessoa baleada no set de filmagens, em um rancho chamado Bonanza Creek, uma popular locação para filmes de velho oeste.

A diretora de fotografia foi levada de helicóptero até um hospital local, mas não resistiu aos ferimentos. O diretor Joel Souza foi levado de ambulância para outro hospital para receber tratamento e já teve alta. Segundo o site Deadline, o diretor foi atingido no ombro.

Baldwin comentou a morte em mensagem no Twitter: "Não há palavras para expressar meu choque e tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e nossa colega profundamente admirada. Estou cooperando totalmente com a investigação policial para resolver como essa tragédia ocorreu", escreveu.

"Estou em contato com o marido dela, oferecendo o meu apoio a ele e sua família. Meu coração está despedaçado por seu marido, seu filho e todos os que conheciam e amavam Halyna", disse Baldwin.

A produtora do filme, Rust Movie Productions LLC, disse em comunicado: "Todo o elenco e a equipe ficaram absolutamente devastados pela tragédia de hoje, e enviamos nossas mais profundas condolências à família e entes queridos de Halyna. Paramos a produção do filme por um período indeterminado e estamos cooperando totalmente com a investigação do Departamento de Polícia de Santa Fé. Ofereceremos serviços de aconselhamento a todos os ligados ao filme enquanto trabalhamos para processar este terrível evento."

O jornal local Santa Fe New Mexican relatou que Alec Baldwin, 63 anos, foi visto em frente à delegacia em lágrimas, mas não falou com os repórteres.

Nascida na Ucrânica, Hutchins se formou em 2015 no American Film Institute e trabalhou em 2020 como diretora de fotografia no filme de ação "Archenemy". Ela foi nomeada "estrela em ascensão" pela revista American Cinematographer em 2019. Nas últimas semanas, ela publicou várias imagens dos bastidores da filmagem em seu perfil no Instagram.

Durante a manhã de quinta-feira, horas antes do incidente, Baldwin publicou uma foto no Instagram caracterizado como o seu personagem no filme Rust, em que aparece com um ferimento cenográfico no abdômen. "De volta ao escritório pessoalmente. Nossa... é cansativo", disse o ator na legenda da foto, que foi apagada na manhã desta sexta-feira.

Foto publicada pelo ator Alec Baldwin em seu perfil no Instagram dos bastidores do filme Rust
Foto publicada pelo ator Alec Baldwin em seu perfil no Instagram dos bastidores do filme Rust| Reprodução / Instagram / Alec Baldwin

O filme Rust é sobre um menino de 13 anos que precisa cuidar de si e de seu irmão mais novo após a morte de seus pais em 1880, no Kansas, de acordo com o Internet Movie Database (IMDB). Ele então foge com o seu avô, interpretado por Baldwin, depois de ser sentenciado a morte por enforcamento por ter matado acidentalmente um fazendeiro local. Baldwin também é produtor e co-roteirista do filme.

Acidentes com armas cenográficas

Esse não é o primeiro caso em que profissionais ficam feridos ou morrem pelo mau funcionamento de armas ou outros objetos cenográficos. Segundo levantamento da Associated Press, pelo menos 194 acidentes graves ocorreram em sets de filme ou televisão nos EUA entre 1990 e 2014, com pelo menos 43 mortes.

Um dos casos mais conhecidos é o do ator Brandon Lee, filho do também ator e artista marcial Bruce Lee, que morreu aos 28 anos após levar um tiro durante a filmagem do filme O Corvo, em 1993.

Brandon Lee morreu quando o ator Michael Massee disparou contra o seu abdômen com uma arma que deveria estar carregada com bala de festim, mas estava carregada com uma bala de calibre .44. As autoridades disseram na época que o erro foi causado por negligência da equipe, e não por má intenção.

Como armas cenográficas podem falhar

A tragédia na produção do filme Rust reacendeu o debate sobre a segurança do uso de armas em produções cinematográficas.

A indústria do entretenimento usa tanto armas falsas que produzem fumaça, quanto armas de verdade com cartuchos sem balas. A arma que Baldwin estava usando era do segundo tipo, de acordo com um comunicado de seu porta-voz divulgado pela imprensa.

Larry Zanoff, especialista em armas de Hollywood, disse à NBC que, quando armas de fogo são usadas em filmes, apenas os cartuchos "vazios" (chamados "blanks", em inglês), são permitidos nas locações. Ainda assim, existe uma distância mínima a ser respeitada, já que fumaça e brasas podem ser expelidas desse tipo de arma e causar ferimentos. Outras medidas de segurança incluem a inspeção das armas antes e depois de cada cena.

"Não deve haver nada em frente [à arma] quando a filmagem é feita com armas de fogo", disse Zanoff.

Nos cartuchos usados em armas reais nos filmes, as balas de metal são substituídas por algodão ou papel amassado, relatou o Miami Herald. A bala de festim contem as mesmas partes que uma bala real, mas sem o projétil na ponta. Para criar a ilusão de que uma bala de verdade foi disparada, as balas de festim muitas vezes contêm mais pólvora do que as reais.

Segundo o site The Wrap, gases superaquecidos são expelidos da arma. "Com bala ou sem bala, isso significa que qualquer coisa próximo à ponta do cano está em perigo".

O The Wrap destaca que uma tragédia pode ocorrer quando a arma cenográfica é carregada de maneira errada, como aconteceu no caso da morte de Brandon Lee. "Um cartucho com uma ponta de projétil ficou presa sem que ninguém percebesse, e quando uma bala vazia foi carregada e disparada, ela empurrou a bala de verdade, ferindo-o mortalmente".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]