Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Pedestres caminham em Brisbane, Queensland, Austrália, 30 de agosto
Pedestres caminham em Brisbane, Queensland, Austrália, 30 de agosto| Foto: EFE/EPA/RUSSELL FREEMAN

O governo da Austrália do Sul, um dos seis estados australianos, está testando um aplicativo para celulares que será usado para controlar se viajantes que chegam ao país estão cumprindo a quarentena obrigatória em casa, imposta por causa da pandemia de Covid-19. Eles terão que responder a mensagens confirmando a sua localização pelo aplicativo durante o período de 14 dias de isolamento obrigatório.

Os testes começaram na semana passada no estado da Austrália do Sul. O objetivo é ampliar os testes para incluir viajantes internacionais "nas próximas semanas", disse o primeiro-ministro do estado, Steven Marshall.

Inicialmente, fazem parte dos testes os moradores da Austrália do Sul que estão voltando dos estados australianos de Nova Gales do Sul e Vitória, segundo a rede de notícias local ABC News. Essas pessoas terão que instalar o aplicativo em seu celular ou outro dispositivo para provar que estão em casa durante o período exigido.

Os moradores que quiserem voltar ao estado da Austrália do Sul e fazer quarentena em casa terão que provar às autoridades de saúde locais que têm um lugar para se isolar durante o período de quarentena obrigatória, além de comprovar que estão completamente imunizados contra a Covid-19.

Eles então terão que baixar o aplicativo de quarentena, que usa programas de geolocalização e de reconhecimento facial. O app enviará uma mensagem em horários aleatórios para essas pessoas, que terão 15 minutos para enviar a sua localização, para comprovar que estão em casa.

Se a pessoa não comprovar a sua localização e identidade quando solicitadas, as autoridades de saúde notificarão a polícia, que irão pessoalmente fazer a verificação.

O primeiro-ministro do estado disse à ABC News que dados pessoais não serão armazenados pelo aplicativo. "Nós o usamos apenas para verificar se as pessoas estão onde disseram que estariam durante a quarentena em casa".

Steven Marshall justificou a medida dizendo que não será mais viável continuar usando os hotéis destinados a quarentena de viajantes internacionais quando as fronteiras forem reabertas. Ele também argumentou que o aplicativo reduzirá a necessidade de policiais terem que ir pessoalmente nos locais para verificar se as pessoas estão cumprindo as regras.

"No passado, quando tivemos essa opção [de cumprir a quarentena em casa] para pessoas que chegavam de outros estados e de outros países, nos dias iniciais [da pandemia], era exigido uma presença policial muito pesada para fazer as verificações nos locais", disse Marshall.

Restrições a viagens na Austrália

A Austrália impôs rígidas restrições de viagens internacionais e entre seus estados e territórios em esforço para conter a disseminação do novo coronavírus.

"As fronteiras da Austrália estão fechadas. As únicas pessoas que podem viajar para a Austrália são: cidadãos australianos, residentes permanentes, membros da família imediata, viajantes que estiveram na Nova Zelândia nos 14 dias antes do embarque", informa um site do governo australiano.

A quarentena é obrigatória para viajantes que chegam à Austrália de outros países, com exceção das nações que estão na chamada "zona verde". Os estados e territórios também têm suas próprias medidas em vigor, que incluem o fechamento de fronteiras estaduais, restrições de viagens de ida e volta ao estado e exigência de quarentena de 14 dias.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]