Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Duas pessoas foram detidas em Bruxelas em operações realizadas na quarta (20) e nesta quinta-feira (21) dentro da investigação dos atentados de Paris de 13 de novembro, anunciou a procuradoria belga.

Crise: Estado Islâmico cortará pela metade salário de jihadistas

Leia a matéria completa

O juiz de instrução decidirá se apresentar acusações contra as duas pessoas. Um dos detidos é de nacionalidade belga, nascido em 1986, e o outro é marroquino, nascido em 1981.

A investigação na Bélgica sobre os atentados de Paris, que deixaram 130 mortos e centenas de feridos, permitiu desmantelar uma parte da organização que ajudou um dos supostos participantes, Salah Abdeslam, a regressar a Bruxelas no dia seguinte ao massacre e desaparecer.

Também permitiu descobrir três apartamentos utilizados para preparar os ataques.

Desde os atentados, 10 pessoas foram indiciadas na Bélgica. Nove permanecem presas.

Quatro pessoas são alvo de uma ordem de prisão, entre eles Salah Abdeslam e Mohamed Abrini.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]