Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O democrata Joe Biden.
O democrata Joe Biden.| Foto: AFP

O escritório de transição de Joe Biden, presidente eleito dos Estados Unidos segundo projeções, anunciou novos nomes que devem ocupar cargos-chave na Casa Branca. Além do futuro chefe de gabinete, Ron Klain, que já havia sido anunciado, o democrata designou a ex-gerente de sua campanha, Jen O'Malley Dillon, para a posição de vice-chefe de gabinete.

Ex-assessora do ex-presidente Barack Obama, Dana Remus será a conselheira da Casa Branca, enquanto Steve Richhetti assumirá a função de conselheiro do presidente. No currículo, Ricchetti teve passagem por diversas administrações democratas, entre elas a de Bill Clinton na década de 1990.

O deputado Cedric Richmond será assessor sênior e dirigirá o escritório de compromissos públicos do governo. Já Julie Cháves Rodríguez atuará como diretora de Assuntos Governamentais. Antiga funcionária de Biden, Annie Tomasini vai gerir o escritório de operações do Salão Oval.

No gabinete da primeira-dama, Jill Biden, Anthony Bernal trabalhará como assessor sênior e Julia Reynoso Pantaleon como chefe de gabinete.

"Estou orgulhoso em anunciar novos membros da minha equipe sênior, que vão nos ajudar a reconstruir o país da melhor forma. Os EUA enfrentam grandes desafios, e eles trazem perspectivas diversas e compromisso compartilhado em lidar com esses desafios e emergir do outro lado como uma nação mais forte e unida", disse Biden.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]