i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Casa Branca

Em cerimônia incomum, Biden tomará posse como 46º presidente dos Estados Unidos

  • 19/01/2021 22:42
Preparativos são feitos no Capitólio dos EUA para a posse presidencial marcada para 20 de janeiro
Preparativos são feitos no Capitólio dos EUA para a posse presidencial marcada para 20 de janeiro| Foto: Patrick Semansky / POOL / AFP

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, e sua vice, Kamala Harris, serão empossados ao meio-dia desta quarta-feira (20) em uma cerimônia incomum na capital americana. Em meio à pandemia de Covid-19 e preocupações com possíveis tumultos, o público será reduzido e Washington estará sob forte esquema de segurança.

Os democratas chegam à presidência dos EUA em um momento de forte divisão no país e ao fim de um ano incomum, em que um novo vírus causou a morte de 400 mil americanos, o presidente não reconheceu o resultado das eleições, sofreu impeachment na Câmara pela segunda vez, e uma parte dos seus 74 milhões de apoiadores veem com desconfiança o resultado da eleição.

O comitê da inauguração presidencial está "recomendando fortemente" que as pessoas não compareçam ao evento e, em vez disso, assistam à transmissão da cerimônia pela internet. Os jantares e o tradicional baile foram cancelados, mas eventos virtuais pretendem manter o espírito de celebração.

O público esperado para o evento é de cerca de 2 mil pessoas, segundo o Washington Post. Cerca de 200 pessoas, incluindo os familiares de Biden e Harris, as lideranças do Congresso e alguns diplomatas, estarão no palco principal - mantendo o distanciamento físico. O restante da plateia - membros do Congresso e outras personalidades - verá a cerimônia em uma área abaixo do cenário principal.

Tipicamente, os membros do Congresso recebem um total de cerca de 200 mil ingressos para a cerimônia, que são distribuídos nos seus distritos eleitorais. Mas, neste ano, os parlamentares receberam apenas um ingresso extra cada, noticiou o USA Today.

Outra ausência que será sentida na oficialização da transição de poder na Casa Branca em 2021 é a do atual presidente. Donald Trump já informou que não estará presente para transmitir o cargo. O vice-presidente Mike Pence confirmou presença no sábado passado.

Os ex-presidentes americanos Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton devem participar das festividades. O ex-presidente Jimmy Carter, de 96 anos, informou que, pela primeira vez, não comparecerá à inauguração presidencial.

Cerca de 25 mil membros da Guarda Nacional estarão em Washington para garantir a segurança do evento. O número é 2,5 vezes maior do que o de anos anteriores. As autoridades reforçaram a segurança temendo distúrbios como os vistos no dia 6 de janeiro na capital americana.

Joe Biden será juramentado pelo presidente da Suprema Corte, John G. Roberts Jr., em frente ao Congresso americano. Após o seu discurso inaugural, Biden deve passar as tropas em revista, como é a tradição. Mas, no lugar do desfile pela Avenida Pennsylvania, os novos presidente e vice seguirão para a Casa Branca. De lá, eles terão a missão de lidar com os desafios da pandemia, da crise econômica e da divisão política no país.

Despedida de Trump

O presidente Donald Trump fez um discurso de despedida à nação em um vídeo gravado e divulgado na noite desta terça-feira. Em seu último dia como mandatário do país, Trump disse que se sente "orgulhoso do que conquistamos juntos".

"Nós embarcamos em uma missão para tornar a América grande novamente - para todos os americanos", disse. "Nós fizemos o que tínhamos que fazer - e muito mais".

"Nesta semana, nós inauguramos uma nova administração e rezamos pelo seu sucesso em manter a América segura e próspera. Enviamos os nossos melhores desejos e esperamos que tenham sorte, uma palavra muito importante", afirmou Trump.

Em outro momento do vídeo, o presidente americano disse que estava "especialmente orgulhoso de ser o primeiro presidente em décadas que não iniciou novas guerras".

Em sua mensagem, Trump destacou os feitos de sua gestão, como o acordo comercial com Canadá e México, os cortes de impostos, a saída do Acordo de Paris, a construção de mais de 700 quilômetros de muro na fronteira sul, a morte do líder do grupo terrorista Estado Islâmico e do chefe da Força Quds iraniana, os acordos no Oriente Médio, entre outros.

Trump também condenou os atos violentos durante o ataque ao Capitólio. "A violência política é um ataque contra tudo o que os americanos defendem", afirmou.

11 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 11 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • Z

    Zyss

    ± 48 minutos

    Sabe por que das bandeiras? Porque os democratas não têm publico suficiente para isso.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • A

      AMAURI

      ± 2 horas

      Tchau trumpALHÃO.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • F

        Felipe Scaramuzza

        ± 2 horas

        E assim acaba a era EUA.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • A

          Alexandre Carlos

          ± 2 horas

          Estão com medo do povo americano? É isso mesmo? E não ataques de terroristas?

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • L

            LULA CACHACEIRO

            ± 4 horas

            não duvide que a vice comunista mate o biden e bote a culpa no trump para assumir o poder

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            • E

              Ernesto

              ± 4 horas

              A racionalidade volta a tona onde um louco deixa a Casa branca.

              Denunciar abuso

              A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

              Qual é o problema nesse comentário?

              Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

              Confira os Termos de Uso

              • A

                Antoniel Souza Ribeiro da Silva Júnior

                ± 4 horas

                O fantoche da China assumirá a cadeira e empunhará a última caneta que servia de anteparo para as investidas da China comunista. Que Deus tenha misericórdia do mundo! Estaremos entregues ao maldito globalismo e à ideologia comunista. Quem viver verá.

                Denunciar abuso

                A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                Qual é o problema nesse comentário?

                Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                Confira os Termos de Uso

                • F

                  Fabricio Mendes Ghessi

                  ± 5 horas

                  A hora que a destruição promovida pela esquerda começar, os americanos vão sentir saudades do "homem laranja", inclusive os idiotas uteis movidos pela mídia odiosa que ecoaram as narrativas e pagaram qualquer preço(fraude) pela queda do Trump. Sem Trump a China vai engolir os EUA.

                  Denunciar abuso

                  A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                  Qual é o problema nesse comentário?

                  Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                  Confira os Termos de Uso

                  • J

                    Joaquim

                    ± 9 horas

                    Um velho decrepto no governo norte americano, que vai enfrentar o dragão chinês cheio de poder, saúde e muito dinheiro.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    1 Respostas
                    • Z

                      Zyss

                      ± 49 minutos

                      Vai enfrentar não, são aliados.

                      Denunciar abuso

                      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                      Qual é o problema nesse comentário?

                      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                      Confira os Termos de Uso

                  • T

                    TIAGO

                    ± 13 horas

                    A partir de amanhã acaba a pandemia (na mídia lamestream) e só teremos notícias boas do governo. Os isentões terão a tão sonhada paz, mas acredite, eles são de direita, a racional moderada.

                    Denunciar abuso

                    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

                    Qual é o problema nesse comentário?

                    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

                    Confira os Termos de Uso

                    Fim dos comentários.