Um blogueiro foi morto a golpes de facão ontem em Bangladesh. Em menos de três meses, foi o terceiro caso de assassinato de um crítico do extremismo religioso na nação de maioria muçulmana. Ananta Bijoy Das, de 33 anos, um blogueiro que defendia o secularismo, foi atacado por quatro mascarados no distrito de Sylhet, no nordeste do país. Ele também era editor da revista científica “Jukti”, que significa “lógica”, e integrava o conselho consultivo do “Mona Mukto” (“Mente Livre”), um site que divulga o racionalismo e se opõe ao fundamentalismo islâmico, fundado pelo blogueiro Avijit Roy. Roy foi morto a machadadas em fevereiro quando regressava de uma feira de livros em Daca.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]