Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O blogueiro egípcio Maikel Nabil, preso por criticar o Exército, foi libertado, por ocasião do primeiro aniversário da revolta no Egito, anunciou neste sábado (21) o presidente da Justiça militar, Adel Al-Mursi.

"Uma decisão de libertação foi tomada para Maikel Nabil e 1959 outros presos, por ocasião do primeiro aniversário do 25 de janeiro", havia indicado antes uma fonte da Justiça militar, que pediu para não ser identificada.

Condenado em abril a três anos de prisão por um tribunal militar, por ter criticado o Exército egípcio em seu blog, Nabil teve a pena reduzida para dois anos após recorrer da sentença, em 14 de dezembro.

A captura de Nabil, no fim de março, e sua condenação provocaram comoção no exterior. Trinta grupos e militantes da defesa dos direitos humanos divulgaram no fim de dezembro, em Genebra, uma petição às autoridades egípcias, por sua libertação. O governo americano pediu a revisão do julgamento.

Países ocidentais e ONGs denunciaram que, apesar da queda do regime de Mubarak, os crimes de opinião continuam sendo julgados no Egito pelos tribunais militares.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]