• 07/06/2020 09:54
Eleições nos EUA

Joe Biden sofre pressão de atos para nomear uma negra como vice

  • 07/06/2020 09:54
  • PorEstadão Conteúdo
    O ex-vice-presidente americano Joe Biden, pré-candidato à presidência dos EUA pelo Partido Democrata, venceu a primária do partido no Alasca
    O candidato democrata Joe Biden| Foto: SAUL LOEB / AFP

    Os protestos antirracismo nos EUA aumentaram a pressão para que Joe Biden, escolhido no sábado (6) como candidato democrata à presidência, escolha uma negra para compor a chapa. Em março, ele já havia anunciado que sua vice seria uma mulher. Uma das cotadas, Stacey Abrams perdeu por pouco a eleição para o governo da Georgia em 2018, quando teria sido a primeira negra a comandar o Estado. O nome dela tem dividido as apostas com o da senadora Kamala Harris, que disputou as primárias do partido, com a deputada Val Deming, e com a prefeita de Atlanta, Keisha Bottoms, todas negras.

    Desde a década de 70, os presidenciáveis deixam o anúncio do vice para os dias que antecedem as convenções partidárias. Biden prometeu divulgar o nome do vice-presidente no dia 1.° de agosto - duas semanas antes da convenção democrata, que começa no dia 17, em Milwaukee.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.