• 25/08/2020 16:17
Opositor de Putin

Kremlin não vai levar a sério acusações de envenenamento no caso Navalny

  • 25/08/2020 16:17
    • Gazeta do Povo
    Em foto de setembro de 2019, Alexei Navalny faz discurso durante manifestação em Moscou.
    Em foto de setembro de 2019, Alexei Navalny faz discurso durante manifestação em Moscou.| Foto: AFP

    Mesmo após o hospital alemão onde Alexei Navalny está internado, em Berlim, ter confirmado que o russo "muito provavelmente" foi envenenado, o Kremlin nega qualquer tipo de envolvimento no caso. Navalny é opositor de Vladimir Putin. À imprensa, o porta-voz do governo da Rússia, Dmitry Peskov, disse que as acusações contra o governo não são verdadeiras e que o Kremlin não pretende levá-las a sério.

    O porta-voz afirmou que, por enquanto, não há motivos para instaurar uma investigação criminal sobre o caso. “Se uma substância for encontrada [no corpo de Navalny] e se for determinado que é envenenamento, aí haverá um motivo para investigação”, disse Peskov.

    Navalny passou mal na semana passada enquanto voltava de avião de Tomsk, na Sibéria, para Moscou, após tomar um chá no aeroporto. A aeronave fez um pouso de emergência na cidade de Omsk, onde ele ficou internado inicialmente. No fim de semana, foi transferido para o Hospital Universitário La Charité, na capital alemã, que divulgou um comunicado confirmando o envenenamento e dizendo que os exames médicos indicam que Navalny provavelmente foi envenenado com um “inibidor da colinesterase”.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.