• 04/03/2020 20:34
Teoria da conspiração

Partido de Maduro insinua que coronavírus é “arma biológica”

  • 04/03/2020 20:34
  • PorGazeta do Povo
    Apoiadores de Maduro participam de passeata em homenagem ao 31º aniversário do Caracaço, revolta popular contra as medidas econômicas anunciadas pelo governo de Carlos Andrés Pérez (Imagem: Federico Parra/AFP).
    Apoiadores de Maduro participam de passeata em homenagem ao 31º aniversário do Caracaço, revolta popular contra as medidas econômicas anunciadas pelo governo de Carlos Andrés Pérez (Imagem: Federico Parra/AFP).| Foto: AFP

    Artigo publicado na última segunda-feira (2) no site oficial Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), de Nicolás Maduro, insinua que o coronavírus poderia ser uma arma biológica utilizada pelos Estados Unidos na guerra econômica declarada por Trump contra a China. O texto é assinado por Hugbel Roa, que já foi ministro do governo Maduro.

    “A implementação de guerras biológicas pelos EUA não deve surpreender ninguém. Ao longo dos anos, eles usaram esse recurso como uma arma de dominação mundial e enriquecimento de seus principais aliados. O principal interesse das grandes hegemonias econômicas e farmacêuticas é continuar aumentando seus lucros a qualquer custo, bem acima da vida humana”, traz o texto.

    Para embasar a teoria, Roa diz que o vírus HIV teria sido criado com o mesmo propósito. Ele cita o teórico da conspiração Milton William Cooper, referindo-se a este como “oficial sênior de inteligência naval dos EUA”, embora não haja registros públicos de que ele tenha ocupado tal cargo. Segundo Cooper, o HIV teria sido desenvolvido em instalações militares na década de 1970 pelo Pentágono, como parte do projeto MK-NAOMI, programa de pesquisa da CIA. O objetivo era infectar populações consideradas "indesejáveis" pela elite mundial da época. O artigo completo de Roa pode ser lido neste link.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.