• 23/11/2019 22:02
Convocações

Após senado, câmara de deputados aprova convocação de novas eleições na Bolívia

  • 23/11/2019 22:02
    • Gazeta do Povo
    A presidente interina da Bolívia, Jeanina Áñez, em La Paz, 15 de novembro de 2019
    A presidente interina da Bolívia, Jeanina Áñez, em La Paz, 15 de novembro de 2019| Foto: RONALDO SCHEMIDT / AFP

    A Câmara dos Deputados da Bolívia aprovou o projeto de lei de “Regime Excepcional e Transitório para a realização de Eleições Gerais”. Na prática, a lei anula as eleições de outubro que dariam o quarto mandato a Evo Morales, que acabou renunciando após suspeita de fraude e manifestações violentas pelo país. A legislação também aprova a convocatória de comícios e novas eleições na Bolívia sem a possibilidade de candidatura de Evo, nem de seu candidato a vice-presidente, Álvaro García Linera, já ex-presidentes que já tenham ocupado o executivo local por dois mandatos não podem se candidatar. Mais cedo, a lei havia sido aprovada pelo senado boliviano.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.