• 24/07/2020 16:00
Espaço

Rússia nega acusação dos EUA sobre teste de arma anti-satélite

  • 24/07/2020 16:00
    • Gazeta do Povo
    china marte
    Imagem ilustrativa – O foguete chinês Long March-5 decola do Centro de Lançamento Espacial Wenchang, na China.| Foto: Noel CELIS/AFP

    A Rússia negou, nesta sexta-feira (24), as acusações feitas pelos Estados Unidos e pelo Reino Unido de que o país teria testado recentemente, no espaço, uma arma anti-satélite. Na quinta (23), o general General John W. Raymond, chefe da Força  Espacial dos  norte-americana, disse que teste de um projétil teria sido  realizado pelos russos em 15 de julho. Raymond sustentou que a arma foi lançada de um dos dois satélites russos que no início de 2020  se aproximaram de satélites norte-americanos. Já o vice-marechal aéreo Harvey Smyth, da diretoria  espacial do Ministério da Defesa britânico pediu à Rússia que incentive o "comportamento responsável no espaço".

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia, por sua vez, rejeitou as acusações e disse que o experimento realizado em meados de julho cumpriu a lei internacional e não ameaçou satélites de outras países. Ainda, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou à imprensa que "a Rússia sempre foi e continua sendo um país comprometido com a desmilitarização do espaço e a não implantação de qualquer tipo de arma no espaço".

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.