i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
perigo

Canadense é preso por sobrevoar cidade atado a 100 balões de gás hélio

    • toronto (canadá)
    • Efe
    • 07/07/2015 10:02
    Usuários das redes sociais publicaram imagens da aventura inusitada no domingo | /Twitter
    Usuários das redes sociais publicaram imagens da aventura inusitada no domingo| Foto: /Twitter

    A polícia canadense prendeu nesta segunda-feira (6) um indivíduo que sobrevoou no domingo a cidade de Calgary amarrado a uma centena de balões cheios com gás hélio, um ato que parece inspirado filme de animação “Up - Altas Aventuras”.

    A polícia de Calgary disse que Daniel Boria, de 26 anos, foi detido e acusado de pôr vidas em perigo.

    As autoridades disseram hoje durante uma entrevista coletiva que Boria amarrou mais de 100 balões cheios com gás hélio a uma cadeira na qual estava sentado “e começou a flutuar sobre Calgary”.

    Boria utilizou um paraquedas para descer e a aventura, que segundo a polícia tinha como objetivo promover sua companhia de limpeza, terminou com um tornozelo torcido e a reprimenda policial.

    O jornal “Calgary Sun” disse que a cadeira utilizada por Boria foi achada 65 quilômetros ao sul de Calgary.

    Em declarações ao jornal, Boria disse que não sabia que altura alcançou, mas que em um dado momento sobrevoou um Boeing 747.

    “Foi uma experiência surrealista”, descreveu.

    Boria foi posto em liberdade após pagar uma fiança de US$ 1.200 e tem que apresentar-se perante um juiz no próximo dia 13 de julho.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.