Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Foram soltos ontem 7 dos 17 europeus detidos no Chade sob acusação de participação em um esquema de tráfico de crianças praticado pela ONG francesa Arca de Zoé. O presidente francês, Nicolas Sarkozy, fez uma visita de duas horas à capital chadiana, Ndjamena, onde defendeu que os franceses envolvidos no caso sejam julgados em seu país. Eles haviam sido presos no dia 25 de outubro num avião que levaria 103 crianças africanas para famílias francesas e belgas, que pagavam entre 2.800 e 6.000 euros como "doação’’.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]