i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Disputa na fronteira

China e Índia fecham acordo de 5 pontos prometendo recuar tropas

  • 11/09/2020 12:04
india china acordo
Encontro entre o ministro das Relações Exteriores da Índia, Subrahmanyam Jaishankar (E), e o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi (D), foi mediado pelo ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov (C)| Foto: Divulgação/Ministério das relações Exteriores da Rússia/AFP

Os ministros das Relações Exteriores da Índia e da China assinaram um acordo nesta quinta-feira (10) se comprometendo a diminuir as tensões na fronteira entre os dois países, que resultaram na morte de pelo menos 20 soldados indianos na parte ocidental do Himalaia em junho deste ano.

S. Jaishankar e Wang Yi se encontraram pessoalmente em Moscou para tentar colocar um fim na escalada de confrontações entre militares indianos e chineses, depois que várias reuniões em nível diplomático e militar falharam. Segundo um comunicado conjunto divulgado na noite de quinta-feira, o acordo estabelece cinco pontos de entendimento:

  1. Não permitir que as diferenças se tornem disputas;
  2. As tropas de fronteira de ambos os lados devem continuar seu diálogo, recuar rapidamente [na fronteira], manter a distância adequada e aliviar as tensões;
  3. Ambas as partes respeitarão todos os acordos e protocolos existentes sobre assuntos de fronteira entre a China e a Índia, manterão a paz e a tranquilidade nas áreas de fronteira e evitarão qualquer ação que possa agravar a situação;
  4. Manter o diálogo e a comunicação por meio do mecanismo do Representante Especial sobre a questão da fronteira entre Índia e China; e
  5. À medida que a situação melhorar, os dois lados devem acelerar o trabalho para concluir novas Medidas de Fortalecimento da Confiança para manter e aumentar a paz e a tranquilidade nas áreas de fronteira.

A acordo é um indicativo de que há vontade política para resolver o impasse sobre a disputa territorial pacificamente. Porém, analistas suspeitam que esse esforço não se reflita em campo porque a confiança entre os países está bastante desgastada. Para citar o mais recente exemplo, há menos de uma semana tiros foram disparados em um dos pontos da Linha de Controle Real (LAC, na sigla em inglês), que demarca a fronteira entre os dois países, apesar de um acordo bilateral firmado em 1996 determinar o não uso de armas de fogo. Índia e China trocaram acusações sobre quem efetuou os disparos.

Em um editorial publicado nesta sexta, o jornal estatal chinês Global Times considera que a Índia precisa demonstrar sinceridade para implementar o acordo recém-firmado e que os chineses precisam "estar preparados para derrotar completamente as ilusões da Índia por meio de ações militares" se os esforços diplomáticos falharem.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • J

    João Carlos Carvalho

    ± 0 minutos

    Pobre dos indianos , irão sofrer nas mãos dos supremacistas e colonialistas chineses !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso