i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Iraque

Com apuração atrasada, Maliki tem ligeira vantagem no Iraque

  • PorReuters
  • 12/03/2010 09:18

O primeiro-ministro Nuri al-Maliki estava ligeiramente à frente dos adversários xiitas, segundo resultados parciais da eleição do Iraque divulgados nesta sexta-feira, mas um representante secular estava com boa vantagem em áreas sunitas.

A disputa continua muito equilibrada para criar previsões até que os resultados iniciais sejam divulgados para todas as 18 províncias do Iraque, inclusive áreas importantes como Bagdá, a capital de diversidade étnica e religiosa com mais de 6 milhões de habitantes.

Resultados iniciais para cinco províncias foram divulgados até agora, mostrando que a coalizão Estado de Direito, de Maliki, estava à frente da Aliança Nacional Iraquiana (INA), uma coalizão de poderosos partidos xiitas - mas com uma diferença de apenas 15.500 votos entre 313.00 contabilizados.

A perspectiva para o Iraque depois das eleições parlamentares do dia 7 de março, um marco sete anos depois da queda de Saddam Hussein, ficou ainda mais confusa depois do atraso na apuração inicial e crescentes acusações de fraude.

A lista do partido Iraquiya, do ex-premiê Iyad Allawi, aliança que abrange grupos sectários seculares diversos, estava bem à frente em duas províncias ao norte com grande população sunita.

Autoridades da Alta Comissão Eleitoral Independente disseram que mais resultados devem ser divulgados na sexta-feira.

Hamdiya al-Husseini, um alto oficial da comissão eleitoral, negou acusações de fraude vindas do grupo de Allawi, inclusive informações de que alguns votos foram descobertos no lixo e nomes de mais de 200 mil soldados estavam faltando das listas eleitorais.

"O processo de contagem e organização dos votos está indo bem, com a presença de observadores de partidos políticos sob supervisão internacional", disse Husseini.

Autoridades das Nações Unidas, que estavam aconselhando a comissão, descartaram as acusações de fraude.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.