i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Ataques

Confronto na Chechênia deixa 19 mortos

  • PorAgência Estado
  • 29/08/2010 08:37

Um tiroteio entre o grupo de proteção pessoal do presidente da Chechênia, Ramzan Kadyrov, e insurgentes separatistas terminou com a morte de 19 pessoas na manhã deste domingo, dentre elas cinco civis. Pelo menos 12 supostos insurgentes e dois seguranças foram mortos quando os rebeldes entraram na vila de Tsentoroi, local de nascimento de Kadyrov, informou seu porta-voz, Alvi Karimov, à Associated Press. Segundo emissoras de televisão, cinco civis foram mortos durante a troca de tiros.

"Nós permitimos que eles entrassem na vila, de forma que não pudessem escapar", disse Kadyrov ao Canal 1 de televisão, que o mostrou examinando os corpos dos supostos militantes. "Nós fizemos com que viessem para um local onde pudessem ser eliminados", disse ele.

Em outro incidente neste domingo, forças de segurança da província do Daguestão mataram a tiros quatro supostos militantes que viajavam em dois carros e que se recusaram a parar num posto de verificação da polícia, disse o porta-voz policial Magomed Tagirov. Segundo ele, armas foram encontradas nos carros.

O Cáucaso do Norte sofre ataques diários de insurgentes que querem a independência de Moscou, mas neste final de semana as ações têm sido particularmente intensas. No sábado, nove militantes foram mortos em dois confrontos separados com a polícia na república de Kabardino-Balkariya e cinco militantes e dois policiais morreram em outro tiroteio no Daguestão. As informações são da Associated Press.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.