Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Coréia do Norte afirmou nesta segunda-feira que os Estados Unidos aceitaram tirá-la da lista de países que apóiam o terrorismo, uma decisão muito esperada pelo regime de Pyongyang para melhorar seu status no contexto internacional.

- Os EUA aceitaram tomar medidas de compensação políticas e econômicas, como eliminar nosso país da lista de nações que apóiam o terrorismo e levantar por completo as sanções impostas sob a lei do comércio com países inimigos - disse a agência de notícias norte-coreana KCNA, citando um funcionário do Ministério das Relações Exteriores.

A Coréia do Norte concordou neste fim de semana em suspender seu programa nuclear até o fim deste ano.

- Tivemos uma conversa muito boa e produtiva. A Coréia do Norte fará um relatório completo de todos os seus programas nucleares e irá suspendê-los até o fim deste ano - disse o secretário.

Os detalhes serão discutidos durante os próximos encontros agendados para o final deste mês e o acordo contará com a participação de Rússia, Coréia do Sul, Japão e China, onde os últimos trâmites serão acertados.

A Coréia do Norte e EUA são historicamente oponentes desde a Guerra da Coréia de 1950-53.

As negociações se desenvolveram devagar desde setembro de 2005, quando a Coréia do Norte concordou em princípio a desativar seu programa nuclear em troca de benefícios econômicos e diplomáticos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]