Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Mulher passa por scanner que mede temperatura na entrada do Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA, na sigla em inglês)
Mulher passa por scanner que mede temperatura na entrada do Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA, na sigla em inglês)| Foto: AFP

O número de novas infecções por coronavírus aumentou pelo terceiro dia consecutivo nos Estados Unidos, com 46.393 novos contaminações, de acordo dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês). No período, foram registradas 1.239 mortes. Segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, o país chegou a 180.494 mortes em decorrência da doença. O número total de casos confirmados é de 5.858.857.

De acordo com a Dow Jones Newswires, no estado da Louisiana, um dos locais mais atingidos pelo furacão Laura, o governo planeja permanecer na fase 2 de seu plano de reabertura por mais duas semanas, devido à interrupção de testes para lidar com o impacto da tempestade.

"Basicamente, ficaremos às cegas nesta semana porque teremos que interromper muitos de nossos testes", afirmou o governador John Bel Edwards. "O mais prudente é continuar neste estágio por mais duas semanas e depois avaliar o nível que estivermos".

Europa

O Reino Unido registrou nesta quinta-feira (27) o maior número de novos casos diários de Covid-19 desde 12 de junho, com 1.522 novas infecções e 12 mortes, de acordo com dados do Serviço Nacional de Saúde (NHS, na sigla em inglês). O total acumulado de casos do novo coronavírus na região aumentou para 330.368 contaminações e 41.477 óbitos.

Foram removidos da lista de "corredores de viagens" - países dos quais viajantes são obrigados a ficar de quarentena durante 14 dias - República Tcheca, Jamaica, Suíça e Cuba. Atualizações das restrições de viagem no Reino Unido entram em vigor no sábado (29).

Na Itália, foram registrados 1.411 novos casos confirmados de coronavírus e cinco mortes nas últimas 24 horas, de acordo com as autoridades de saúde. Esta é a maior contagem diária desde 6 de maio. O número total de casos registrados no país é de 263.949 e 35.463 mortes pela doença.

Na Alemanha, de acordo com a Reuters, as autoridades federais e estaduais estudam estender até 31 de dezembro a proibição de grandes eventos. Atualmente, o embargo está previsto para até 31 de outubro. A medida interrompe grandes festividades, como a Oktoberfest, que chega a levar US$ 1 bilhão à cidade de Munique por ano.

Já a França registrou 6.111 novas infecções por coronavírus, o maior número de casos diários desde o fim do bloqueio e o segundo maior desde o início da pandemia no país. O máximo registrado na França foi de 7.578 casos diários, em 30 de março, no auge da pandemia no país. O número total de casos por coronavírus na em território francês é de 259.698 e 30.576 mortes.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]