Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Enchentes no Sul da China mataram 132 pessoas e forçaram outras 860 mil a deixar suas casas, segundo informou o Ministério de Recursos Aquáticos do país. A previsão é de que mais tempestades ocorram nos próximos dias. Segundo nota do ministério, 86 pessoas estão desaparecidas e mais de 10 milhões foram afetadas desde o início da sequência de chuvas, em 13 de junho.

Neste sábado (19), já haviam sido registradas 90 mortes, mas o número de desabrigados fora estimado em 1,4 milhão de pessoas. Anualmente, a regiões da China ao longo de rios importantes, como o Yangtze, costumam ter alagamentos. Mas neste ano as cheias foram especialmente fortes e se espalharam por nove províncias, em regiões do Sul e na costa Leste. Milhares de casas foram destruídas e, de acordo com o governo, o prejuízo material é chega a mais de 14 bilhões e yuans (US$ 2,04 bilhões).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]