i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
conflito

Enfrentamentos durante celebração em Gaza terminam com 20 feridos

Data marca, para os palestinos, lembrança do exílio e usurpação após a criação do Estado de Israel

    • jerusalém
    • Efe
    • 15/05/2015 13:22
    Palestinos durante o Nakba, dia que relembra exílio após a criação do Estados de Israel | IBRAHEEM ABU MUSTAFA/REUTERS
    Palestinos durante o Nakba, dia que relembra exílio após a criação do Estados de Israel| Foto: IBRAHEEM ABU MUSTAFA/REUTERS

    Enfrentamentos ocorridos na noite de quinta-feira (14) com as forças israelenses durante um dia de comemoração palestina de Nakba, que lembra seu exílio e usurpação após a criação em 1948 do Estado de Israel, terminou com 20 palestinos feridos.

    Na Faixa de Gaza, três jovens palestinos foram atingidos por balas durante as manifestações quando se dirigiam à divisa com Israel, informou à Agência Efe o porta-voz do Ministério da Saúde na Faixa, Ashraf al Qidra, que disse que trata-se de ferimentos leves.

    Segundo explicou à Efe uma porta-voz do Exército israelense, havia “em torno de cem manifestantes, dos quais cinco se aproximaram da cerca. As forças fizeram disparos de advertência e depois contra a parte baixa de seus corpos”.

    Na cidade de Nablus, no norte da Cisjordânia, outros 21 manifestantes foram feridos durante a madrugada em um enfrentamento com forças israelenses após uma visita de um grupo de israelenses ao túmulo de José.

    Segundo a agência de notícias palestina “Ma’an”, pelo menos 30 veículos militares israelenses entraram na cidade na noite de terça-feira para proteger a visita de cerca de 1,5 mil israelenses.

    À visita, seguiram enfrentamentos com jovens palestinos que lançaram pedras e garrafas nos soldados, que responderam com disparos, gás lacrimogêneo, bombas de efeito moral e balas de aço cobertas de plástico.

    A porta-voz do exército israelense explicou que “cerca de três mil visitantes foram ontem à noite ao túmulo de José rezar, e 200 manifestantes palestinos atiraram pedras, garrafas vazias e pneus ardendo contra as forças de segurança, que responderam com meios de dispersão”.

    A militar acrescentou que também foram registradas pequenas manifestações, com cerca de 30 participantes, em diferentes pontos da Cisjordânia, que transcorreram sem problemas.

    Os palestinos lembram hoje o 67° aniversário de seu exílio após a criação do Estado de Israel.

    No ano passado, dois palestinos morreram por fogo israelense perto da prisão de Ofer, nos arredores de Ramala, durante a mesma comemoração.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.