Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Quito - Os presidentes do Peru e do Equador assinaram ontemacordos com o objetivo de desenvolver a infraestrutura, irrigação agrícola, turismo e segurança entre os dois países. O presidente peruano Alan Gar­­cía teve a reunião com seu congênere equatoriano Rafael Cor­­rea em Loja, cidade equatoriana a 435 quilômetros de Quito, perto da fronteira com o Peru.

Os chanceleres Kintto Lucas do Equador e Néstor Popolizo do Peru disseram que os dois mandatários também se comprometerão no combate ao contrabando na fronteira.

Lucas destacou como um dos avanços na melhora das relações entre Equador e Peru a assinatura do projeto Puyango Tumbes, um projeto de irrigação agrícola e desenvolvimento do agronegócio nos municípios dos dois lados da fronteira. O projeto Puyango Tumbes de­­ve ser con­­cluído em 18 meses.

Em 2008 o intercâmbio co­­mercial entre Equador e Peru chegou a US$ 2,2 bilhões, em­­bora tenha caído em 2009 para US$ 1,5 bilhão. No primeiro tri­­mestre de 2010, o intercâmbio chegou a US$ 505 milhões.

Peru e Equador lutaram uma guerra entre 1941 e 1942 e tiveram divergências fronteiriças durante 50 anos, até firmarem um acordo de paz em 1998.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]