O cientista Peter Piot, que ajudou a descobrir o vírus ebola, afirma que está preocupado que a doença se espalhe para China, visto que muitos trabalhadores chineses viajam com frequência para a África. Pior, que é diretor da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, disse ontem que com tantas trocas entre as regiões, a doença poderia facilmente se espalhar no país. "A preocupação que tenho é a de que não acho possível impedir as pessoas de viajarem. Os pacientes irão aparecer em qualquer país do mundo, mas a China é bastante vulnerável", disse. Para Piot, a questão é: os centros médicos chineses estão preparados?

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]