Os Estados Unidos podem atrasar a entrada em funcionamento de seu escudo antimísseis, que pretendem instalar na Europa, para evitar que a Rússia cumpra suas ameaças e o "neutralize", revelou uma autoridade americana nesta sexta-feira à noite.

"Estamos imersos em discussões com os poloneses e os tchecos. Em primeiro lugar, para alcançar um acordo com eles sobre o envio de um radar e de dez interceptores a seus territórios", disse um alto funcionário do Pentágono, que pediu para não ser identificado.

"Uma vez que esses acordos forem alcançados, pode-se abrir um período, no qual os equipamentos estejam instalados e, então, posteriormente, fiquem operacionais", acrescentou.

O chanceler russo, Sergei Lavrov, disse que o projeto americano de instalar um sistema de defesa antimísseis no leste da Europa deve ser "congelado" e advertiu que Moscou "tomará medidas para neutralizar essa ameaça", se suas objeções não forem levadas em conta.

Os russos "disseram que vão reagir, e nós tomamos nota", comentou a fonte. "Levamos seu comentário a sério, embora não saibamos exatamente como podem responder", acrescentou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]