Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Voluntário toma injeção com vacina ou placebo em teste clínico de vacina contra o novo coronavírus em Cidade do Cabo, África do Sul. Governo americano alertou sobre ameaça de invasão por hackers a instituições com pesquisas sobre Covid-19
Voluntário toma injeção com vacina ou placebo em teste clínico de vacina contra o novo coronavírus em Cidade do Cabo, África do Sul. Governo americano alertou sobre ameaça de invasão por hackers a instituições com pesquisas sobre Covid-19| Foto: RODGER BOSCH / AFP

O FBI, departamento de investigação do governo americano, e a Agência de Cibersegurança e Segurança de Infraestrutura dos EUA (Cisa) emitiram um comunicado em conjunto nesta quarta-feira (13) alertando que hackers ligados à China estão tentando invadir as redes de computadores de organizações que fazem pesquisas relacionadas à Covid-19 nos Estados Unidos.

Segundo o comunicado, o FBI está investigando tentativas de invasão por "agentes cibernéticos ligados à República Popular da China" a organizações americanas de pesquisa, que não foram identificadas. "Esses agentes foram observados tentando identificar e obter ilicitamente dados valiosos sobre propriedade intelectual e saúde pública relacionados a vacinas, tratamentos e testes de redes e de pessoal vinculado a pesquisas relacionadas à Covid-19".

As entidades afirmaram que essas ações representam uma "ameaça significativa à resposta da nossa nação à Covid-19" e ofereceram recursos e orientação para aqueles que podem ter sido alvo das ações.

"Os setores de saúde, farmacêutico e de pesquisa que trabalham nas respostas à Covid-19 devem estar cientes de que são os primeiros alvos desta atividade e tomar as medidas necessárias para proteger os seus sistemas", alertaram.

O comunicado diz ainda que a exposição na mídia de pesquisas sobre o novo coronavírus pode levar ao aumento do interesse e de atividades cibernéticas contra as organizações envolvidas.

O FBI pede que organizações que verificarem atividades suspeitas relatem os casos para o seu departamento local. O Cisa pediu a todas as instituições americanas com pesquisas sobre coronavírus que trabalhem em parceria com a agência para proteger as suas informações.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]