Tempestade derrubou árvores e provocou corte no fornecimento de energia elétrica em Nova Orleans, estado da Louisiana | Frederic J. Brown/AFP
Tempestade derrubou árvores e provocou corte no fornecimento de energia elétrica em Nova Orleans, estado da Louisiana| Foto: Frederic J. Brown/AFP

Tragédia

Passagem de tufão pela Coreia do Sul deixa 15 mortos

EFE

Pelo menos 15 pessoas morreram, entre elas cinco pescadores chineses, e dezenas seguem desaparecidas na Coreia do Sul após a passagem do tufão "Bolaven", que causou graves danos materiais, cancelamentos no sistema de transporte e deixou sem eletricidade cerca de 1,76 milhão de casas.

O tufão, que continua seu percurso rumo ao norte, deixou chuvas torrenciais de até 700 milímetros e ventos que derrubaram árvores, telhados e postes de luz, enquanto as fortes ondas destruíram numerosas estruturas pesqueiras.

Em Seul, onde vivem cerca de 10 milhões de pessoas, todas as escolas elementares e secundárias permaneceram fechadas ontem.

Nas Filipinas, pelo menos oito pessoas morreram e outras três estavam desaparecidas pelos efeitos do tufão "Tembin".

Com as últimas vítimas sobe para 180 o número de mortos nas Filipinas durante o mês de agosto após a passagem de vários tufões e depressões tropicais.

Depois de deixar cerca de 750 mil casas sem energia elétrica e forçar a retirada de pelo menos 3 mil pessoas da região próxima à costa dos EUA, no Golfo do México, o furacão Isaac perdeu força ao entrar no estado da Louisiana e foi rebaixado à categoria de tempestade tropical.

O centro da tempestade está localizado a 80 km ao sudoeste da cidade de New Orleans, no estado da Louisiana, com ventos de 100 km por hora.

A tempestade causou alagamentos e o transbordamento de um dique na localidade de Plaquemines, onde 2 mil pessoas foram desalojadas. De acordo com as autoridades, as águas chegaram rapidamente à altura de 3,6 metros em casas de uma área residencial próxima à barreira. As estradas para outras partes do condado estão bloqueadas pelos alagamentos e não é possível chegar de barco devido aos ventos.

A tormenta também esvaziou a cidade de Tampa, onde ocorre a convenção do Partido Republicano, que nomeou o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney como candidato presidencial na terça.

As companhias de energia elétrica estimam que possam retornar o fornecimento depois que os ventos decorrentes da tormenta diminuam sua velocidade para 48 km/h. O furacão está colocando à prova o sistema de defesa contra enchentes criado na Louisiana após o furacão Katrina, que completa sete anos hoje.

O sistema, que custou US$ 14,5 bilhões, quer evitar uma nova tragédia como a que matou mais de 1.800 pessoas e causou prejuízo de bilhões de dólares em 2005.

O Isaac provocou estragos em refinarias em regiões baixas ao longo da costa do Golfo, que são responsáveis por aproximadamente 40% da capacidade de refino de petróleo dos EUA. A indústria petroleira estima que o furacão causou prejuízos de US$ 1 bilhão para a exploração no golfo do México.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]