Com temor de novos protestos policiais e saques, a Casa Rosada enviou mil homens da Gendarmería, a força nacional de segurança, para a província de Córdoba, na região central do país. A medida, segundo informou o chefe de gabinete da Presidência, Jorge Capitanich, foi tomada após solicitação do governador José Manuel De La Sota. Nos últimos dias, policiais estavam usando as redes sociais para convocar nova paralisação no estado. Por causa da greve policial em Córdoba, no começo de dezembro, mil estabelecimentos comerciais e casas foram saqueados. A partir desse incidente, uma onda de protestos e greves policiais atingiu o país.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]