i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
paquistão

Homem que estuprou e matou menina de 7 anos é condenado à prisão perpétua 

O corpo de Zainab Ansari foi encontrado em um lixão em Kasur, nas proximidades de Lahore, quatro dias depois de seu desaparecimento. Moradores da região disseram que o caso foi o 12º assassinato do tipo em um ano

    • Folhapress
    • 17/02/2018 15:14
    Policiais paquistaneses ficam de guarda fora do posto de controle da prisão de Kot Lakhpat, onde Imran Ali, condenado por estuprar e assassinar Zainab Fatima Ameen, de sete anos de idade, estava detido em Lahore em 17 de fevereiro de 2018. O caso chocou o país e provocou grandes distúrbios em seu distrito natal. | ARIF ALI/AFP
    Policiais paquistaneses ficam de guarda fora do posto de controle da prisão de Kot Lakhpat, onde Imran Ali, condenado por estuprar e assassinar Zainab Fatima Ameen, de sete anos de idade, estava detido em Lahore em 17 de fevereiro de 2018. O caso chocou o país e provocou grandes distúrbios em seu distrito natal.| Foto: ARIF ALI/AFP

    Um tribunal condenou neste sábado (17), no Paquistão, Imran Ali pelo estupro e morte de Zainab  Ansari, de sete anos. O assassinato da menina, que desapareceu no começo deste ano, causou protestos em todo país, quando duas pessoas ficaram mortas, e também acusações de inércia do governo em resolver o caso.

    Imran Ali foi identificado como um dos vizinhos da criança, que foi vista no dia do seu desaparecimento andando pela rua calmamente com um homem, de acordo com câmeras de segurança.

    O corpo de Zainab foi encontrado em um lixão em Kasur, nas proximidades de Lahore, quatro dias depois de seu desaparecimento. Moradores da região disseram que o caso foi o 12º assassinato do tipo em um ano.

    DNA

    A polícia comparou o DNA de Ali, condenado à prisão perpétua, ao corpo de oito garotas, incluindo Zainab. Ele também será julgado pelo restante dos casos. Moradores da região acusam a polícia de ter demorado para agir.

    O mesmo distrito, Kasur, registrou uma série de desaparecimento de crianças desde 2015, quando autoridades desvendaram um esquema de pedofilia ligado a uma importante família local.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.