i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Sudeste da França

Homem rouba R$ 120 mi em joias no hotel onde Hitchcock fez "Ladrão de Casaca"

Segundo o jornal "Le Figaro", o homem entrou armado no hotel e conseguiu passar pela segurança com uma maleta contendo as joias expostas no local

  • PorFolhapress
  • 28/07/2013 09:16

Um homem sozinho roubou uma maleta de joias no valor de 40 milhões de euros (pouco menos de R$ 120 milhões) no hotel Carlton de Cannes, no sudeste da França. A cidade é famosa por seus festivais mundiais de cinema e de publicidade, e o hotel foi o cenário da gravação do filme "Ladrão de Casaca", de Alfred Hitchcock, em 1954.

Segundo o jornal "Le Figaro", o homem entrou armado no hotel e conseguiu passar pela segurança com uma maleta contendo as joias expostas no local -uma coleção da casa de diamantes Leviev, do bilionário israelense Lev Leviev. O roubo teria ocorrido por volta do meio-dia deste domingo (28), 7 da manhã no Brasil. Uma investigação sobre o assunto foi aberta, e a polícia não confirma que o homem estava sozinho.

O hotel Carlton, que completa 100 anos em 2013, foi o cenário da filmagem de "Ladrão de Casaca", de Alfred Hitchcock. No filme, o ex-ladrão de joias John Robie usa uma mulher interpretada por Grace Kelly como isca para prender o verdadeiro autor de uma onda de roubos de joias na Riviera Francesa. O filme recebeu o Oscar de Melhor Fotografia em 1956. Até hoje, segundo o site do hotel, fãs de Grace Kelly visitam o local para conhecer o salão de gala mostrado no filme.

Durante o festival de cinema deste ano, houve uma série de roubos de joias em Cannes. No primeiro, no hotel Novotel, foi levado um cofre com joias avaliadas em 1,4 milhões de euros (cerca de R$ 4 milhões), no quarto de um funcionário da relojoaria Chopard, que empresta joias a estrelas. Mais tarde, a joalheria suíço De Grisogono denunciou o roubo de um colar de 2 milhões de euros (cerca de R$ 6 milhões) durante uma festa na cidade de Antibes, vizinha de Cannes. A festa era guarnecida por 80 seguranças.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.