i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Reino unido

HSBC demite funcionários que encenaram vídeo de execução do Estado Islâmico

    • londres (inglaterra)
    • Efe
    • 07/07/2015 10:24

    O banco britânico HSBC despediu seis funcionários que gravaram um vídeo simulando uma execução ao estilo das realizadas pelo Estado Islâmico (EI) e publicado na internet, revelou nesta terça-feira o tabloide “The Sun”.

    O vídeo foi gravado durante um dia de atividades em equipe, e nele cinco empregados encapuzados ao redor de um sexto que está de joelhos e vestido com uma roupa laranja.

    Um porta-voz do HSBC confirmou hoje que “tomou a decisão de demitir os trabalhadores”, e qualificou o conteúdo do filme de “repugnante” e pediu perdão, em nome da entidade, “pelas ofensas causadas”.

    O jornal “Sun” indicou hoje que os empregados gravaram o vídeo e o publicaram em uma conta no Instagram e, embora o tenham apagado pouco depois, o veículo conseguiu publicar capturas das imagens.

    Em uma delas um dos encapuzados leva um cabide com o qual simula ter uma faca pronta para degolar o homem ajoelhado.

    Segundo o tabloide, um dos homens grita durante a gravação “Allah-u-Akbar” (“Deus é grande”).

    A representação lembra algumas das execuções do EI, muitas delas divulgadas por este grupo jihadista nos meios de comunicação e nas redes sociais, inclusive de cidadãos britânicos.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.