Aldi no quintal de sua casa | Ahmad/ AFP
Aldi no quintal de sua casa| Foto: Ahmad/ AFP

Aldi SugandaRizal, o garoto indonésio de 2 anos que, segundo sua família, fumava 40 cigarros por dia, baixou o consumo para 15 cigarros após tratamento, segundo autoridades indonésias.

A informação é de Seto Mulyadi, da Comissão Nacional para Proteção à Infância do país asiático.

"A terapia tinha como base a brincadeira. Deixamos ele ocupado com brinquedos, então ele esqueceu os cigarros", disse ele em Jacarta nesta terça-feira (8).

Aldi teria desenvolvido seu vício quando passava o dia no mercado em que seus pais trabalhavam, disse o funcionário.

Os terapeutas também encorajaram Aldi a associar os cigarros a coisas ruins.

"O garoto gosta de cantar, então nós dissemos a ele que, se ele continuar fumando, não vai ser capaz de se tornar um cantor um dia", disse.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]