i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Ebola

Infectado chega ao Reino Unido

  • PorAgência Estado
  • 24/08/2014 21:23
Paciente será tratado no Hospital Royal Free, em Londres | Sean Dempsey/Efe
Paciente será tratado no Hospital Royal Free, em Londres| Foto: Sean Dempsey/Efe

910 casos de ebola já foram registrados em Serra Leoa, com 392 mortes. Os dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS) Mais de 225 trabalhadores de saúde foram infectados por e quase 130 morreram.

O primeiro cidadão britânico infectado com o vírus ebola chegou a Londres na noite de ontem, em um jato da Força Aérea Real, informou a rede BBC. O britânico, que não teve sua identidade revelada, estava trabalhando em um centro de tratamento de ebola no leste de Serra Leoa, região mais afetada pelo surto do vírus.

De acordo com o diretor de comunicações do Ministério da Saúde de Serra Leoa, Sidie Yayah Tunis, o paciente foi levado em um ambulância ao principal aeroporto do país, na cidade de Lungi, e depois transferido para o Reino Unido. Segundo o Departamento de Saúde da Grã-Bretanha, o paciente será tratado no Hospital Royal Free, em Londres, que conta com uma unidade isolada para doenças infecciosas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que está avaliando a transferência de uma de suas médicas, também infectada com o vírus em Serra Leoa. A nacionalidade da funcionária da organização não foi revelada. "Esta é a primeira vez que um funcionário da OMS foi infectado", informou a agência de saúde da ONU em comunicado.

De acordo com a OMS, Serra Leoa já registrou 910 casos de ebola, com 392 mortes. Ainda segundo dados da organização, em toda a África, mais de 225 trabalhadores de saúde foram infectados e quase 130 morreram. Após serem infectados, dois norte-americanos e um médico espanhol foram transferidos para os seus países e receberam um tratamento experimental para o ebola. O espanhol morreu, mas os norte-americanos receberam alta nesta semana. Segundo o fabricante, o fornecimento do medicamento já está esgotado.

Congo

O ministro da Saúde do Congo, Felix Kabange Numbi, confirmou ontem que duas mortes por Ebola foram registradas no país. Segundo ele, dois de oito casos analisados na província de Equateur, no noroeste do Congo, deram positivo. As autoridades acreditam, no entanto, que o número de vítimas seja maior, com 13 mortes pela doença.

O ministro informou que outras 11 pessoas apresentam sintomas suspeitos e estão isoladas, sendo que 80 possíveis contaminados estão sendo rastreados.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.