Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Mundo
  3. Interpol anuncia criação de site para divulgar obras de arte roubadas

mais agilidade

Interpol anuncia criação de site para divulgar obras de arte roubadas

Objetivo da polícia internacional é combater com agilidade tráfico mundial. Banco de dados on-line vai fornecer informações de cerca de 34 mil obras

  • G1/ Globo.com
Duas das obras de arte roubadas que estarão no banco de dados on-line da Interpol |
Duas das obras de arte roubadas que estarão no banco de dados on-line da Interpol
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A Interpol informou nesta segunda-feira (17) que está colocando na internet toda a sua base de dados de obras de arte roubadas, com o objetivo de combater com mais agilidade o tráfico ilícito de obras de arte e bens culturais.

Aberto a governos, museus, galerias, fundações e colecionadores particulares, assim como autoridades policiais e judiciárias, o site vai fornecer fotografias e detalhes de cerca de 34 mil obras roubadas, com informações atualizadas em tempo real.

De acordo com a divisão francesa da Interpol, os interessados poderão fazer seu cadastro online para acessar gratuitamente as informações sobre os bens culturais roubados em todo o mundo. Até o momento essa base de dados só estava disponível em DVD.

O chefe de departamento de arte da Interpol, Karl Heinz Kind, disse que fornecer dados confiáveis sobre esse tipo de crime é parte vital da luta contra os traficantes de obras de arte.

Com a iniciativa, a Interpol espera que seja "muito mais difícil para um vendedor ou comprador alegar que não tenha tido a oportunidade de verificar se um item foi registrado como roubado".

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE