Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Os governos do Mercosul comemoraram nesta quarta-feira (17) a normalização das relações entre Cuba e os Estados Unidos, durante a cúpula de presidentes do bloco, realizada na cidade argentina de Paraná, a 500 quilômetros de Buenos Aires, que conta com a participação da presidente Dilma Rousseff.

"Para nós que temos cabelos brancos, alguns tingimos o cabelo, mas os temos, a verdade é que este é um momento histórico", disse a presidente argentina, Cristina Kirchner, anfitriã do encontro.

"Mandamos uma imensa saudação e expressamos todo o nosso respeito ao povo cubano e ao governo, que soube manter seus ideais e hoje com absoluta dignidade normaliza suas relações com os Estados Unidos", declarou a chefe de Estado.

Cristina e todos os presidentes aplaudiram a histórica decisão dos governos de Cuba e dos EUA. "Quando os povos tem vontade e são conduzidos por dirigentes que não os traem conseguem alcançar seus objetivos", enfatizou a presidente argentina.

Já o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, grande crítico do governo dos Estados Unidos, elogiou Obama. "Deve ser reconhecido o gesto de valentia de Obama e este gesto talvez seja a principal decisão de seu governo", afirmou Maduro.

Cristina também lembrou durante a cúpula que o Papa teve uma papel fundamental na aproximação entre Cuba e Estados Unidos, e que hoje era o aniversário do pontífice. Maduro então disse: "Um bom presente de aniversário para o Papa Francisco."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]