O texto que define a nova rodada de sanções contra o Irã reconhece o esforço de Brasil e Turquia por uma "solução negociada’’, mas reafirma que o país persa deve responder às preocupações da ONU com relação a seu programa nuclear. O documento, obtido pela rede americana ABC com um diplomata, está pronto e deve ser votado amanhã.

Susan Rice, embaixadora dos EUA na ONU, garantiu ontem que a votação deve ser "logo’’ – possivelmente quarta-feira, e certamente até o fim da semana. Os americanos são os maiores defensores da nova rodada de sanções contra o Irã, acusado por Wa­­shington de buscar armas nucleares. Teerã nega que o objetivo de seu programa nuclear seja armamentista.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]