Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Líder da Igreja Católica pediu orações para que as conversas no Formato da Normandia reduzam a escalada militar no leste europeu
Líder da Igreja Católica pediu orações para que as conversas no Formato da Normandia reduzam a escalada militar no leste europeu| Foto: EFE/EPA/VATICAN MEDIA

O papa Francisco condenou nesta quarta-feira (9) a possibilidade de uma nova guerra no planeta, em meio ao cenário de aumento de tensões pela ameaça de uma invasão de tropas da Rússia à Ucrânia.

“Seguimos pedindo ao Deus da paz, para que as tensões e ameaças de guerra sejam superadas a partir de um diálogo sério e para que as conversas no Formato da Normandia possam contribuir com esse objetivo”, disse o líder da Igreja Católica, durante audiência geral realizada na sala Paulo VI, no Vaticano.

Francisco se referiu ao sistema de negociação, que inclui os líderes políticos de Ucrânia e Rússia, assim como de Alemanha e França.

“Não esqueçamos: a guerra é uma loucura”, afirmou o papa, que agradeceu às pessoas que responderam ao pedido que ele fez para que o dia 26 de janeiro passado fosse dedicado a orações pela paz na fronteira ucraniana.

Na ocasião, Francisco pediu para que se rezasse pela Ucrânia, “para que naquela terra possa florescer irmandade e sejam superadas feridas, medos e divisões”, assim como para que “entre os responsáveis pelo planeta”, prevaleça o “diálogo e o bem comum”.

A situação na região segue sendo tensa, depois que a Rússia concentrou mais de 100 mil soldados na fronteira com o território ucraniano, enquanto seguem as negociações entre os principais líderes mundiais para solucionar a crise.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]