Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

Barcelona – A Universidade Autônoma de Barcelona (UAB) inaugurou a primeira fase de um projeto que estuda as origens da matéria. A empreitada envolve a utilização do maior acelerador de partículas do mundo para reproduzir as condições que originaram o Big Bang.

A teoria do Big Bang – estabelecida em 1964 por Arno Penzias e Robert Wilson, que ganharam com ela o Nobel de Física em 1978 – diz que o Cosmos foi criado após uma grande explosão há cerca de 15 bilhões de anos, a partir da qual a matéria se espalhou pelo universo.

O acelerador de partículas LHC (Large Hadron Collider), que dá nome ao projeto do qual participam vários países da Europa, começará a funcionar em abril de 2008. Mas o sistema começa a ser testado agora em Barcelona, no Centro Tecnológico Puerto de Información Científica (PIC), instalado na UAB. O PIC, juntamente com outros centros de computação de todo o mundo, começa seus trabalhos recebendo dados de raios cósmicos captados por um dos quatro detectores utilizados no projeto. Essa etapa servirá de treino para o trabalho que o centro deverá realizar a partir da próxima primavera.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]