i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Califórnia

Queda de aeronave militar mata 3 em área residencial de San Diego

Moradores estavam em uma das duas casas atingidas. Piloto ejetou-se, caiu de pára-quedas e foi hospitalizado

  • PorDas agências
  • 08/12/2008 15:39
Avião caiu no bairro de University City, em San Diego | Fred Greaves / Reuters
Avião caiu no bairro de University City, em San Diego| Foto: Fred Greaves / Reuters

Veja imagens da Globo News que mostram muita fumaça, após queda da aeronave

  • Muitas chamas podiam ser vistas no local da tragédia
  • Destroços da aeronave em chamas
  • Piloto de um F-18 realiza treinamento na costa do Pacífico, próximo de San Diego
  • Vários veículos do Corpo de Bombeiros foram acionados para tentar conter as chamas
  • Duas casas foram atingidas após queda da aeronave

Três pessoas que estavam em terra morreram, nesta segunda-feira (8), vítimas da queda de um avião militar F-18 - jato supersônico usado pela Marinha dos EUA e pelos fuzileiros navais - numa área residencial da cidade de San Diego, no sul da Califórnia. Outra pessoa segue desaparecida.

As mortes foram confirmadas em entrevista conjunta dada por autoridades locais, equipes de socorro e militares.

"Quero transmitir minhas condolências às famílias dos mortos neste infeliz incidente e agradeço a colaboração das autoridades locais para minimizar o dano", disse o coronel dos Marines O'Connor, que assegurou que as causas serão profundamente investigadas.

"Nós só temos duas mortes confirmadas até o momento", disse o prefeito de San Diego, Jerry Sanders, em uma coletiva de imprensa. Pouco depois, a terceira morte foi constatada.

O avião atingiu duas casas no bairro de University City, perto da Estação Aérea e Naval de Miramar. Uma casa foi totalmente queimada e outra foi danificada, segundo os bombeiros. De acordo com a imprensa local, dois veículos também teriam sido atingidos.

Segundo a "CNN", todas as vítimas estavam dentro de uma das casas atingidas. De acordo com relatos, na residência estavam uma mãe, dois filhos e a avó das crianças no momento do acidente, mas os bombeiros não conseguiram identificar quais delas morreram.

Segundo os oficiais, o incêndio foi controlado cerca de duas horas depois do acidente na região, que é densamente povoada e fica perto à rodovia Interstate 805.

O avião caiu pouco antes de pousar na base aérea naval de Miramar, a cerca de 3,5 quilômetros dali, segundo a Administração Federal de Aviação. O pouso estava marcado para as 12h locais (18h no horário de Brasília).

O piloto, que se comunicava com os controladores aéreos militares antes do incidente, conseguiu se ejetar.

A tenente Katheryn Putnam, porta-voz da base aérea, disse que o piloto caiu no pátio de uma escola. Ele havia acabado de decolar de um porta-aviões na costa do Pacífico, como parte de um exercício de treinamento.

Segundo fontes militares, ele estava ferido e foi hospitalizado. O seu estado de saúde é considerado "moderado", informou o website da estação de televisão 10news.

Carl Redding, do Corpo de Fuzileiros Navais, informou que o avião pertencia ao grupo. Segundo ele, havia duas pessoas a bordo. As autoridades ainda não confirmaram se havia mais um piloto na aeronave, e seu estado ainda é desconhecido.

O tráfego na região foi interrompido. Alunos da escola University High school estão bem, após o local ter sido fechado com os estudantes no interior por motivos de segurança. Gayle Newcomb, um assistente da universidade, disse que o avião "não acertou a escola."

Testemunhas disseram que o piloto aparentemente tentou jogar o avião para um cânion, poupando a escola.

Cerca de 10 mil soldados vivem na Base Militar de Miramar, operado pela Marinha dos EUA desde 1996. O local ficou conhecido ao ser locação do filme "Top Gun", em 1986.

Testemunhas

Moradores do local disseram que ouviram um barulho, viram o jato balançar e logo em seguida a sua queda, criando uma bola de fogo. Depois, vizinhos afirmaram que viram o piloto caminhando nos arredores.

"Nós vimos duas grandes explosões", disse Scott Patterson, um morador do bairro, à rádio KNX. "Depois a fumaça subiu. Nós não sabíamos o que era".

O morador Ed Costa disse que tinha acabado de voltar do mercado quando ouviu um estrondo e correu para fora de casa.

"Quando ouvi o barulho, achei que era um tiro", disse Costa, de 54 anos, que mora duas quadras distante do local do acidente. "Eu podia ver fumaça preta se levantando. Então ouviu um segundo estouro. As chamas estavam tão altas quanto os postes de luz."

Steve Krasner, que também mora perto da região, disse que ele pensou que o tremor provocado pelo acidente fosse o "Big One" - o grande terremoto previsto para ocorrer a qualquer momento na Califórnia.

Ele estava na cozinha quando ouviu as explosões. "A casa balançou, o solo balançou. Foi como se eu ficasse congelado no meu lugar", disse. "Foi mais forte que qualquer terremoto que eu já senti."

Caso similar

A região da base de Miramar havia sido palco de um acidente semelhante em 30 de novembro de 2006. Um F-18 caiu na região de San Diego, mas, naquela ocasião, o piloto também conseguiu se ejetar, sem ferimentos. A causa do acidente não foi divulgada.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.