Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Abel Braga faz várias mudanças no Internacional | Albari Rosa / Gazeta do Povo
Abel Braga faz várias mudanças no Internacional| Foto: Albari Rosa / Gazeta do Povo

Washington – O chefe do Estado-Maior dos Estados Unidos, general Peter Pace, vai pedir ao presidente George W. Bush a retirada nos próximos meses de quase metade das tropas americanas no Iraque. O Senador republicano John Warner também pediu o retorno de cerca de 5 mil soldados até o fim do ano.

Segundo a edição de ontem do jornal Los Angeles Times, que cita como fontes funcionários civis e militares, "os membros do Estado-Maior acham que é de importância estratégica reduzir as dimensões das forças americanas no Iraque para reforçar a capacidade de responder a outras ameaças".

Os líderes fizeram suas declarações depois da divulgação de um novo relatório elaborado por agências de inteligência americanas, segundo o qual os líderes políticos iraquianos não conseguem governar de forma "eficaz" e o governo do Iraque provavelmente vai se tornar "mais precário" nos próximos meses.

O jornal afirma ainda que a posição conta com o apoio do secretário de Defesa, Robert M. Gates. Pace comunicará a proposta a Bush na reunião do presidente com o Estado-Maior que será realizada na primeira quinzena de setembro.

O Estado-Maior gostaria de retirar do Iraque aproximadamente metade das 20 brigadas de combate atualmente desdobradas. Com a correspondente redução nas unidades de apoio, a presença militar dos EUA ficaria abaixo dos 100 mil soldados, contra os atuais 162 mil.

A opinião de Pace e do resto do Estado-Maior vai contra o relatório que o comandante das forças no Iraque, general David Petraeus, apresentará ao Congresso dentro de três semanas. Ele deverá defender a manutenção, pelo menos até o fim de 2008, do nível atual de forças no Iraque.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]